Coordenador do DER, Raimundo Zaiden visita o CSul e fala com exclusividade sobre o início das obras

Na manhã desta quarta-feira (14), o Coordenador do DER – Departamento de Estradas e Rodagem, da Regional Varginha, Raimundo Zaiden Silva, em entrevista exclusiva a redação do CSul,  falou sobre a abertura da licitação  de duplicação da BR –  491 entre Varginha /  Fernão Dias, publicada no Diário Ofi­cial de Minas Gerais, na edição de terça-feira (06/09).

Raimundo Zaiden Silva, em entrevista exclusiva a redação do CSul,  falou sobre a abertura da licitação  de duplicação da BR -  491 entre Varginha /  Fernão Dias
Raimundo Zaiden Silva, em entrevista exclusiva a redação do CSul, falou sobre a abertura da licitação de duplicação da BR – 491 entre Varginha / Fernão Dias

O trecho de 18,100 km, é cenário de diversos acidentes e gargalo para o desenvolvimento de Varginha e região. Pauta polêmica, a duplicação foi prometida por diversos governadores de Minas em gestões anteriores e somente agora, o Governador Fernando Pimentel, cumprindo promessa de campanha, autorizou a abertura da licitação.

Em campanha no pleito eleitoral de 2014, o então candidato pelo PT – Partido dos Trabalhadores, Fernando Pimentel, esteve em Varginha no dia 3 de outubro e com exclusividade, falou ao CSul suas metas e planos que segundo ele não foram concretizadas em governos anteriores. “Em Varginha, tem uma deman­da simples de ser atendida, que é a duplicação da rodovia que liga a cidade a Fernão Dias. Um trecho pe­queno que não foi feito até hoje e isso pode ser perfeitamente resolvido se for definido como prioridade pela região. Acredito que será e poderá ser resolvido rapidamente com verbas estaduais”, ressaltou Pimentel.

Raimundo Zaiden revelou que neste momento o projeto é prioridade para o DER e que além de segurança, o início das obras trarão 500 empregos gerados diretos e mais 1500 indiretos, proporcionando grande desenvolvimento econômico para Varginha e região. “É uma obra que trará custo e benefício não só para o município, mas para toda a região”.

A obra está orçada em R$77.502.753,10, com prazo de cons­trução de 720 dias. O projeto consiste na duplicação do trecho com reforço e alargamento da atual ponte sobre o Rio Verde (mais conhecida como Ponte da Usina), e ainda a construção de três novas pontes. A segunda ponte paralela a atual (Ponte da Usina),será construída à esquerda da rodovia sentido BR- 381- Fernão Dias; e duas novas pontes sobre o Rio Palmela, já que a atual será demolida.

A duplicação será grande aliada para os serviços de Pronto Atendimento, como Corpo de Bombeiros e Samu. O trecho será o escoamento, permitindo grande redução de percurso“, declarou Raimundo Zaiden.

Obras previstas na licitação

  • Restauração, Aumento de Ca­pacidade e Duplicação do trecho Vargi­nha – Entrº BR/381, com 18,100 km de extensão.
  • Ponte sobre o Rio Verde (Ponte Nova – PE) no trecho Varginha – Entrº BR/381, dimensão 182,00 de extensão x 13,00 metros.
  • Reforço e Alargamento da Pon­te sobre o Rio Verde (LD) no trecho Var­ginha – Entrº BR/381, dimensão 161,50 metros de comprimento x 15,10 de largura.
  • Ponte sobre o Rio Palmela (Ponte Nova – Lado Esquerdo) no tre­cho Varginha – Entrº BR/381, dimensão 44,00 metros de comprimento x 12,00 metros de largura.
  • Ponte sobre o Rio Palmela (Pon­te Nova – Lado direito) no trecho Vargi­nha – Entrº BR/381, dimensão 48,00 metros x13,00 metros de largura.
  • Na manhã desta quarta-feira (14), o Coordenador do DER - Departamento de Estradas e Rodagem, da Regional Varginha, Raimundo Zaiden Silva, em entrevista exclusiva a redação do CSul
    Na manhã desta quarta-feira (14), o Coordenador do DER – Departamento de Estradas e Rodagem, da Regional Varginha, Raimundo Zaiden Silva, em entrevista exclusiva a redação do CSul

     

    Raimundo Zaiden revelou que neste momento o projeto é prioridade para o DER e que além de segurança, o início das obras trarão 500 empregos gerados diretos e mais 1500 indiretos, proporcionando grande desenvolvimento econômico para Varginha e região
    Raimundo Zaiden revelou que neste momento o projeto é prioridade para o DER e que além de segurança, o início das obras trarão 500 empregos gerados diretos e mais 1500 indiretos, proporcionando grande desenvolvimento econômico para Varginha e região

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *