Chuva provoca cenas de destruição no bairro Santa Maria

Ribeirão Santana transbordou, árvores que caíram e deslizamentos também deixaram trânsito parado na Avenida do Contorno e BR-491, entre Varginha e Três Corações

No final da noite desta segunda-feira (17) e madrugada desta terça-feira (18), uma intensa chuva atingiu Varginha e deixou pontos de alagamentos e estragos na cidade. Na última quarta-feira (12), o município já havia sofrido com as tempestades.

Quantidade de água assustou moradores no Santa Maria/Vídeo: Reprodução Redes Sociais 

Segundo a Prefeitura Municipal, equipes da Secretaria de Obras e Serviços Urbanos estão trabalhando desde as 5h30 nos locais que mais sofreram danos. Não há informações de feridos em decorrência da chuva.

Bairro Santa Maria

O bairro mais castigado foi o Santa Maria. O Ribeirão Santana transbordou e causou cenas de destruição às margens da avenida cortada pelo córrego. Várias casas e comércios foram atingidos pela água.

 

Sinais de destruição ocasionados pelas chuvas/Foto: Guilherme Campos- Csul/ Reprodução Redes Sociais/Varginha 24hrs

Na manhã desta terça-feira (18), motoristas que tentavam trafegar pela margem do ribeirão encontraram muita lama, tijolos e pedras, levados pela correnteza. Bombeiros e Defesa Civil estiveram no local calculando os prejuízos.

Caos ocasionado pelas chuvas nas ruas do Santa Maria/Vídeo: Guilherme Campos-CSul 

O secretário de Obras, Luiz Roberto Pinto, também esteve no Santa Maria ajudando na retirada de pedras e limpeza das pistas.

Os moradores do final da Avenida Imigrantes ficaram ilhados. A Ponte do Zoonoses foi interditada. Um muro caiu em uma oficina às margens do ribeirão. Máquinas e móveis foram arrastadas para a rua.

O muro de uma oficina desabou/Foto: Reprodução Redes Sociais 

 

As condições das margens do Ribeirão do Santa Maria obrigaram motoristas a usarem alternativas. A rua que dá acesso ao Mart Minas estava engarrafada pela manhã.

Avenida do Contorno

Dois deslizamentos de terra deixaram o trânsito complicado na Avenida do Contorno. Um próximo ao trevo de acesso a Elói Mendes e outro próximo ao radar. Equipes da Prefeitura trabalham no local.

Árvores

Algumas árvores caíram na cidade e deixaram o trânsito complicado ou parado. Na BR-491, próximo ao radar da ponte do Solúvel (Café Três Marias, perto do Campestre), principal via de acesso à Varginha, uma árvore caiu na madrugada desta terça-feira (18). A rodovia ficou interditada nos dois sentidos até pela manhã.

Árvore caiu e  fechou a BR-491/Foto: Varginha 24 hrs

O Corpo de Bombeiros foi acionado e por volta das 9h15, o trânsito foi liberado em meia pista. De acordo com o Waze, o engarramento atingiu mais de 4 km.

Na rua Petropolis, no Jardim Petropolis, uma árvores também caiu e deixou o trânsito impedido para carros próximo ao Zoológico. A orientação era para motoqueiros não se arriscarem.

Acesso ao zoológico municipal segue impedido após queda de uma árvore/Foto: Blog do Madeira

Atenção motoristas: evitem a rua do zoológico. Tráfego impedido para carros. Mesmo para motos há perigo, pois há cabos de energia elétrica próximo à pista.

Prefeitura

Em nota divulgada na manhã desta terça-feira (18), a Prefeitura de Varginha comunicou que está trabalhando nos locais afetados e pediu à população que não jogue lixo no Ribeirão Santana. Confira a nota completa:

“A Prefeitura de Varginha está com equipes da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos desde às 5h30 desta terça-feira, 18 trabalhando em locais que mais sofreram danos da forte chuva que caiu no município nesta madrugada.

Os principais pontos afetados foram às margens do Ribeirão Santana (bairro Santa Maria), onde a água subiu e atingiu vários imóveis e também na Avenida do Contorno que teve dois deslizamentos de terra (um próximo ao trevo de acesso a Elói Mendes e outro próximo ao radar).

As equipes trabalham com máquinas pesadas como caminhões, máquinas carregadeiras, retroescavadeiras, caminhões-caçamba e caminhão-pipa.

A Prefeitura informa que a manutenção no Ribeirão Santana ocorre regularmente, com roçada conforme legislação ambiental. A Prefeitura pede mais uma vez, para que a população não jogue lixo e entulho no Ribeirão, pois a limpeza mais profunda do local depende de autorização do órgão ambiental estadual”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *