Câmara Municipal envia Moção de Aplauso ao CSul

No próximo dia 14, Diário Correio do Sul completa 75 anos de circulação e informação.

Em requerimento apresentado e aprovado nesta quarta-feira (8) na Câmara Municipal de Varginha, o vereador Leonardo Ciacci dedicou Moção de Aplauso ao Jornal Correio do Sul pelos 75 anos de circulação e informação, que serão completados no próximo dia 14 de julho.

Segundo o vereador, a Moção tem como como objetivo, “tornar público o reconhecimento desta Casa Legislativa ao Correio do Sul, que ao longo de seus 75 anos de fundação e circulação, superou desafios e manteve sua posição de destaque no meio jornalístico, levando informações de qualidade a todos os cidadãos de Minas Gerais”, afirmou.

CSul foi homenageado pelos 75 anos/Foto: Ascom Câmara Municipal

“Entendo, que um país livre e democrático deve ter uma imprensa livre e sobretudo um jornalismo imparcial e que leve realemnte às pessoas, as informações precisas e completas. Nós temos acompanhado a trajetória do Correio do Sul, que sem dúvida é um dos veículos de comunicação mais respeitados na nossa cidade, na região e no estado e até no país inteiro. Nós entendemos ser justa uma homenagem, pra uma empresa de comunicação e que leva o jornalismo sério a todos e que hoje completa 75 anos de existência. É uma data significativa e importantíssima para Varginha em poder contar com um órgão, que com toda certeza, vem contribuindo para o crescimento, fortalecimento da nossa cidade e da nossa economia, justa e imparcial. Não poderíamos deixar passar em branco uma data tão importante”, completou o vereador.

Confira o texto apresentado pelo vereador Leonardo Ciacci ao Legislativo e ao Executivo, na íntegra:

Jornal Correio do Sul

Sete décadas e meia de tradição, profissionalismo, ética e responsabilidade social. O Diário Correio do Sul, fundado em 14 de julho de 1945, se tornou um dos principais veículos da mídia impressa de uma ampla região de Minas Gerais, baseando-se na informação como forma de crescimento e desenvolvimento para esta mesma região.

Nascido sob os ideais de um grupo político, comandado por Juscelino Kubitschek, tendo como líder regional Francisco Rosemburgo, o Correio do Sul deu pontapé inicial no que mais tarde se tornou a voz do povo sul mineiro, o jornal mais influente e conceituado da região.

Ao longo dos anos e sob as rédeas do visionário e empreendedor Mariano Campos, o Diário Correio do Sul ganhou reconhecimento e respeito, colocando-o entre os mais renomados meios de comunicação de Minas Gerais. Com apenas 18 anos, Mariano Campos surgiu em 1950 para conduzir com maestria por mais de 40 anos, deixando um legado de honradez na história do diário.

Através da informação e sempre em atualização, o Correio do Sul busca o desenvolvimento do povo, que faz a cada dia, a história ser renovada, como forma de inovação, ajuda e reconhecimento.

Matérias atuais, entrevistas exclusivas, denúncias e carências da população e um jornalismo sério, dinâmico e independente, fazem com que o Correio do Sul se torne ainda, escola para várias profissões e a seus milhares de leitores e internautas.

Para que a notícia possa chegar aos leitores, uma equipe ativa de profissionais, colaboradores renomados e anunciantes conceituados, constroem o passo a passo da história, com lembranças do passado, formação do presente e aposta na construção do futuro.

Na internet, principal ferramenta do mundo moderno, os milhares de leitores acessam diariamente, através das redes sociais e do portal “correiodosul.com”, atualizações das notícias do dia a dia, levando a história da região para o mundo.

Apesar dos altos e baixos da economia, que sempre fizeram parte deste país, o Diário mantém sua presença na região, através do impresso e online, e de outros veículos editados.

E é isso que esses 75 anos do Diário Correio do Sul e suas mais de 210.000 páginas e 13.160 capas editadas se tornou um dos maiores acervos da história da região e do estado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *