Café roubado em Itu-SP é localizado em Varginha; autores são presos

Após denúncias, a Polícia Militar encontrou em Varginha, trezentas sacas de café que foram roubadas na cidade de Itu, interior de São Paulo, no dia 12 de abril.

Por volta das 18h30 desta quarta-feira (6), os militares foram conferir a denúncia que a carga estaria na Avenida Alcebíades Viana De Paula, bairro Parque Urupês. Os policiais começaram a monitorar o local e observaram, chegando ao armazém, um veículo I/Ford Ranger, placas de Paraguaçu, conduzido pelo autor, de 57 anos. Em seguida, chegou outro caminhão, Mercedes Benz l 1318, também sendo carregado com sacas de café.

Após ser carregado, o caminhão deixou o local deslocando para Avenida Filomena Rezende da Silva, ao lado de armazém, momento em que foi abordado. O condutor, de 54 anos, relatou que estava com cerca de 300 sacas de café que teria carregado em Guaxupé, sendo apresentada uma nota fiscal constando como emitente uma empresa de Varginha. Mas ele acabou entrando em contradição e confessou que havia sido contratado por um indivíduo de nome Adauto para realizar o frete e que ele teria lhe dito que se fosse perguntado tanto no local que iria descarregar ou por qualquer outra fiscalização, que teria carregado na cidade de Guaxupé e lhe entregue a nota fiscal pessoalmente e receberia R$ 600,00 pelo frete.

Durante a abordagem ao caminhão com a carga de café, o veículo I/Ford Ranger passou pelo local e rapidamente fugiu, não sendo localizado. Uma equipe policial foi até o escritório do armazém de café localizado à Rua Santa Isabel, bairro Imaculada, abordando o autor de 53 anos, irmão do denunciado. Ele não sabia onde seu irmão estava, mas abriu o portão do depósito onde os militares encontraram outro caminhão que estava esperando para carregar.

Foi localizada uma saca vazia de café e, pela descrição, foi feita pesquisa sobre as ocorrências de furto ou roubo de café, sendo localizado um registro de roubo na cidade de Itu, registrada no dia 12/04/2020. O representante da empresa apresentou o registro onde consta a numeração das sacas localizadas dentro do galpão.

Diante de uma possível fraude fiscal, foi feito contato com o coordenador da Superintendência Regional da Fazenda em Varginha que mandará uma equipe ao armazém para fiscalização e solicitou deixar a carga localizada com um fiel depositário e lacrar o local.

Os autores foram presos e conduzidos para a delegacia de plantão juntamente com todo material apreendido, para as devidas providências.

Fonte e foto: PM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *