BNDES encaminha documentação para criação do Banco da Mulher de Varginha

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico Social – BNDES encaminhou a documentação necessária a ser preenchida e remetida para a referida instituição com a finalidade de criação e implantação do Banco da Mulher em Varginha.

A Organização Microfinanceira é destinada a custear e financiar empreendimentos geradores de oportunidades de aquisição de renda e de trabalho, além de fomentar e incrementar o empreendedorismo das mulheres que pretendem ingressar no mercado de trabalho como autônomas e prestadoras de serviço.

Os entendimentos são do secretário municipal de Habitação e Desenvolvimento Social, Francisco Graça de Moura com a Associação Brasileira de Entidades Operadoras de Microcrédito e Microfinanças – ABCRED.

As primeiras beneficiárias do Banco da Mulher serão as concluintes do Curso de Cabeleireira, Manicure, Pedicure e Design de Sobrancelhas e aquelas que irão frequentar no próximo mês de outubro, o Curso de Moda Artesanal – Moda Fashion, cursos integrantes do Projeto de Desenvolvimento Socioterritorial dos Residenciais Novo Tempo, Cruzeiro do Sul e Carvalhos, com posterior extensão de suas atividades a outras comunidades onde existam grupos de mulheres desejando se organizar para ingressar na economia produtiva.

No próximo dia 25 de setembro, às 19h, no Centro de Inclusão Produtiva e Empreendedorismo do Novo Tempo, por ocasião da terceira oficina de formação de lideranças femininas, o secretário Francisco Graça de Moura fará uma exposição sobre as atribuições, as finalidades e os benefícios que serão proporcionados pelo Banco da Mulher cujo capital inicial virá do Programa de Desenvolvimento Institucional do BNDES que proporcionará um capital inicial para o Banco da ordem de R$500.000,00.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *