Azul estuda colocar jatos na rota Varginha/Belo Horizonte

A Azul Linhas Aéreas está estudando a colocação de jatos ou o aumento da frequência de aviões de Varginha para Belo Horizonte (Confins). Toda semana, cerca de 30 passageiros entram na fila de espera.

Segundo o coordenador do Aeroporto Major Brigadeiro Trompowsky, Rogério Evaristo, a Azul está fazendo levantamento técnico para substituir as atuais aeronaves ATR 72-600, de 70 passageiros por jatos Embraer modelos 190 (100 passageiros) ou 175 (86 passageiros).

“Já enviamos plantas do pátio de estacionamento e do taxi way (espaço entre a pista e o pátio)”, informou Rogério Evaristo.

A Prefeitura de Varginha está pleiteando, na verdade, é o aumento da frequência de voos, de dois para três semanalmente, pelo menos, como antes. A companhia alega que está em estudos e faltam aviões.

Dois equipamentos, um deles instalado devem começar a operar em breve. O sistema de Raio X e o novo pórtico começam a funcionar ainda esta semana, segundo previsão do coordenador. Nesta segunda-feira (18), uma equipe de segurança aeroportuária de São Paulo chegou a Varginha para instruir os funcionários locais a operar o equipamento.

Já no início de abril, uma equipe de Varginha deve ir a Brasília. Eles vão receber treinamento sobre a Estação Meteorológica Automática a ser instalada no Aeroporto de Varginha em breve. A previsão é que o equipamento comece a operar em junho, segundo informações da Secretaria de Aviação Civil – SAC.

O equipamento foi doado pelo Ministério de Infraestrutura e custa R$ 2,4 milhões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *