Após 5 meses de protesto, homem morre em acidente de carro com caminhão

15894957_682718575243505_6952455827000967663_nNa manhã desta quinta-feira (12), um homem morreu após o carro em que estava dirigindo bater na traseira de um caminhão que atravessava o trevo que dá acesso ao aeroporto de Varginha, na BR 491.
De acordo com o Corpo de Bombeiros, o Fiat Uno seguia de Varginha para Elói Mendes. Frederico Mendes Kalle, de 26 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu no local. A Polícia Militar Rodoviária isolou o local para realização da perícia da Polícia Civil. Bombeiros e SAMU estiveram na ocorrência.

Agosto

Estudantes e moradores de Varginha realizaram protesto pedindo melhorias no trevo da BR-491, em agosto do ano passado. A manifestação foi motivada pelos acidentes ocorridos no local e, em especial, pela morte de uma jovem de 23 anos, no último no dia 14 do mesmo mês. Além de ser o trevo de acesso ao aeroporto da cidade, o local serve de retorno para alunos do Unis.
O Departamento de Engenharia do Unis desenvolveu um projeto para solucionar o problema do trevo. Segundo o planejamento, o ideal seria a construção de uma trincheira.
“A nossa ideia é que não aconteça mais cruzamento entre veículos nessa via. Quem estiver indo sentido Elói Mendes, continua nessa via. Os automóveis que entrarem na cidade universitária, tenham uma via própria para isto. Aqueles que estiverem saindo da cidade universitária, passarão por um viaduto, então ele vai conseguir contornar sem fazer o cruzamento nesta via”, explicou Felipe Flausino de Oliveira, chefe de gabinete do grupo Unis.
Segundo Oliveira, o projeto ficou pronto há cinco anos, mas só no final de julho foi aprovado pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes – Dnit. A contrução é orçada em R$ 4 milhões, e segundo o DNIT, não há verba para a realização da obra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *