Alunos de Nutrição estudam interações com medicamentos utilizados por idosos em lares

Nos meses de maio e junho, alunos do terceiro período do curso de Nutrição do Centro Universitário do Sul de Minas visitaram lares de longa permanência de idosos em Varginha e região.
Os universitários analisaram o prontuário de cerca de 100 idosos, buscando avaliar as interações e os prejuízos à saúde, gerados pelo uso de medicamentos.
As interações medicamentosas constituem um dos problemas mais comuns relacionados à utilização de medicamentos. Buscar informações sobre esse problema é essencial para a eficiência do tratamento farmacológico e para evitar prejuízos à saúde gerados pelo uso de medicamentos.
Sob a supervisão de profissionais de enfermagem que atuam nos lares, os alunos analisaram o prontuário dos moradores e anotaram os fármacos utilizados. Após essa coleta, eles realizaram uma revisão literária sobre a interação dos fármacos identificados, e avaliaram também os nutrientes que poderiam interferir nos medicamentos. Por fim, os estudantes retornaram aos lares e ofereceram materiais com orientações para os cuidadores baseados nos resultados observados.
Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), a interação medicamentosa é definida como uma resposta farmacológica ou clínica à administração de uma combinação de medicamentos, diferente dos efeitos de dois agentes administrados individualmente. Existem interações medicamentosas do tipo medicamento-medicamento, medicamento-alimento, medicamento-bebida alcoólica e medicamento-exames laboratoriais. As interações medicamentosas podem ocorrer entre medicamentos sintéticos, fitoterápicos, chás e ervas medicinais.
Segundo os alunos a atividade proposta foi de grande importância para a futura atuação profissional dos universitários, pois permitiu a eles estudarem a farmacologia e a interação dos principais medicamentos utilizados pela população idosa.

Universitários analisaram o prontuário de 100 idosos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *