Acadêmicas da Faceca desenvolvem aplicativo de combate ao mosquito Aedes Aegypti

acad

Observando a mobilização social para o combate do mosquito transmissor da Dengue, Zika e Febre Chikungunya em todo o país, duas acadêmicas do 7º período do curso de Sistemas de Informação da Faculdade Cenecista de Varginha, Prisciane Rodrigues e Raíssa Cogo, desenvolveram um aplicativo para mapear os possíveis focos do mosquito. O aplicativo que pode ser utilizado em mais de 90% dos dispositivos móveis atuais, utiliza a câmera e do GPS do smartphone para registrar os pontos de possível foco do mosquito transmissor das doenças.
As fotos registradas são enviadas para o site do projeto e posicionadas em um mapa de onde é possível observar os pontos de maior atenção. Segundo a acadêmica Raíssa Cogo, uma das alunas envolvidas no projeto “a ideia do aplicativo é que ao registrar a fotografia do foco da dengue, o aplicativo se encarrega de identificar a localização geográfica do usuário e enviar automaticamente estes dados para o site, dessa forma, qualquer pessoa pode contribuir mais ativamente para a melhoria da saúde pública”.
O aplicativo, que foi desenvolvido em umas das disciplinas do curso, em breve estará disponível gratuitamente nas lojas de aplicativo de todos os sistemas operacionais móveis.
A Faculdade Cenecista de Varginha parabeniza as acadêmicas do curso de Sistemas de Informação e os professores envolvidos, convidando todos para assistirem a apresentação do projeto nesta sexta-feira (08), com início às 19h no Módulo II.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *