Zona Azul começa a funcionar em Itajubá com hora mais cara entre maiores cidades da região

A Zona Azul começou a funcionar nesta segunda-feira (4) nas ruas de Itajubá (MG). A medida atinge diversas ruas da cidade e um detalhe chama a atenção: o serviço cobra a hora mais cara entre as principais cidades do Sul de Minas.

No município, a hora do serviço de estacionamento rotativo sai por R$ 3,00. O valor é maior do que Poços de Caldas (MG), onde o bilhete custa R$ 2,10 a hora; Passos (MG), com R$ 2,00; e Varginha (MG), onde a hora sai por R$ 1,00.

A Zona Azul em Itajubá ainda foi dividida em 25 setores, que, de acordo com a Prefeitura Municipal, somam 1.330 vagas no Centro da cidade.

Além disso, a prefeitura informou ainda que contratou 35 microempreendedores individuais (MEIs) para a venda dos tíquetes, e que eles devem estar devidamente identificados, com crachá, coletes e bonés amarelos. Lojas cadastradas também poderão oferecer o serviço.

 Zona Azul começa a funcionar em Itajubá com hora mais cara entre maiores cidades do Sul de MG (Foto: Reprodução EPTV)
Zona Azul começa a funcionar em Itajubá com hora mais cara entre maiores cidades do Sul de MG (Foto: Reprodução EPTV)

De acordo com o secretário de Administração de Itajubá, Carlos Alves da Silva, o microempreendedor vai adquirir cada cartão por R$ 2 e vender por R$ 3.

“No ano de 2014, houve uma licitação na qual uma empresa, a partir de uma planilha feita com tomada de preços da região, se definiu esse valor de R$ 3. A gente optou por continuar a exemplo da cidade vizinha aqui que é São Lourenço, que são R$ 3”, afirmou o secretário.

Além disso, motos não precisam pagar pelo serviço. “O município possui bolsões para motos, então moto não vai pagar. Já o idoso e o deficiente, existe a vaga reservada para eles, porém isso não isenta o pagamento”, afirmou Silva.

O serviço funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, e aos sábados, das 8h às 13h e já está valendo na cidade.

Fonte: G1 Sul de Minas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *