TJMG esclarece noticiário veiculado sobre o presidente Nelson Missias de Morais

A propósito de noticiário veiculado na Rede Globo e no Portal G1, contendo ofensas à reputação do presidente do TJMG, a Assessoria de Comunicação Institucional distribuiu a seguinte nota à imprensa:

“O TJMG desmente a informação de que o presidente Nelson Missias de Morais seria ouvido nesta quinta-feira pela Polícia Federal, conforme publicado no G1 / Minas Gerais e no MG1.

Informa ainda que todos os esclarecimentos a respeito das suspeitas levantadas pela Polícia Federal no inquérito citado na matéria foram prestados e que o Ministério Público Federal já se manifestou nos autos, por duas vezes e de forma incisiva, pela inexistência de qualquer crime a ser apurado.

O vazamento e a publicação de notícias baseadas no inquérito, que é sigiloso, foram, inclusive, objeto de requerimento do Presidente do TJMG ao ministro relator, Hermann Benjamin, que determinou a sua apuração.

O TJMG lamenta, finalmente, a instauração de estado policialesco por parte de agentes públicos mal intencionados, com respaldo de parcela da mídia, com o único objetivo de destruir a reputação de pessoas honradas e atingir instituições que garantem o Estado de Direito.”

Fonte: Tribunal de Justiça de Minas Gerais – TJMG / Foto: Rosana Magri

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *