Prefeitura de Itapeva é multada por queima de caixões a céu aberto

A Prefeitura de Itapeva, foi multada em mais de R$ 5 mil por queimar caixões a céu aberto no cemitério municipal. Uma lei municipal permite que os jazigos sejam desocupados a cada quatro anos. Moradores que vivem próximos ao cemitério municipal reclamam do forte cheiro que vem do local. Nas redes sociais, o questionamento é o que era feito com os restos mortais que estavam nos caixões.

“Os ossos são postos no ossário e devidamente identificados. As urnas são levadas por uma empresa que faz transporte de lixo hospitalar embora. A gente tomou conhecimento pelas redes sociais e não tinha conhecimento mesmo”, disse o secretário de administração, Marcelo Guido, sobre a queima dos caixões.

O caso se tornou público depois que uma adolescente que acompanhava um velório viu os caixões queimados. Ela fotografou tudo e postou em uma rede social.

“Tinha urna, tinha roupas, aqueles véus que colocam em cima dos corpos. Eu já tenho bronquite, rinite, ai ataca né (com a fumaça”, disse a estudante Andria Lopes de Oliveira.

Assim que soube do caso, a Polícia Militar do Meio Ambiente foi até o cemitério e fez uma vistoria no local. Os policiais encontraram madeira, plástico e restos de roupas durante a vistoria.

Prefeitura é multada por queimar caixões a céu aberto em Itapeva (Foto: Reprodução EPTV)
Prefeitura é multada por queimar caixões a céu aberto em Itapeva (Foto: Reprodução EPTV)

“Tem que esclarecer de onde que foram retiradas essas urnas, para onde está sendo destinada a ossada e sendo constatado se não tem nada de documentação ambiental, eles estarão cometendo crime ambiental de funcionar em atividade sem licenciamento do órgão ambiental competente”, disse o sargento da PM Ambiental, Luciano Admir de Silva.

A prefeitura tem até 20 dias para recorrer da multa e diz que vai investigar o caso com a empresa responsável pelo descarte das urnas.

Fonte: G1 Sul de Minas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *