Polícia Rodoviária Federal e MP realizam operação contra trabalho escravo em Machado

Trabalhadores viviam em condições semelhantes à escravos em fazenda produtora de café no município.

A Polícia Rodoviária Federal participou de uma operação para apurar denúncias de trabalho em condições análogas ao de escravo em fazenda produtora de café na zona rural de Machado. A operação, realizada em conjunto com o Ministério Público do Trabalho e com a Inspeção do Trabalho do Ministério da Economia, ocorreu entre os dias 21 e 23.

Na fazendo fiscalizada foram encontrados 13 trabalhadores rurais, todos maiores de idade e do sexo masculino, exercendo atividades de panha de café sem condições exigidas pela legislação trabalhista (sem registro em CTPS, salários retidos, sem Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), compra de equipamentos pelos trabalhadores, condições de alojamento inadequadas e insalubres, dentre outras).

No início da operação o alojamento foi interditado e os trabalhadores encaminhados para um hotel na cidade de Machado, onde aguardaram o encerramento dos acertos trabalhistas.

Na tarde de ontem (23), após o acerto monetário trabalhista, todos os trabalhadores foram encaminhados para sua cidade de origem, José Gonçalves de Minas, região Norte do estado de Minas Gerais.

Fonte e foto: Ascom Polícia Rodoviária Federal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *