Polícia prende suspeito de trocar tiros com militar à paisana em São Gonçalo do Sapucaí

A Polícia Militar prendeu na tarde deste sábado (1º) um dos suspeitos de trocar tiros com um policial durante uma tentativa de assalto. Segundo a PM, ele é suspeito de agir com outros três homens durante o crime que deixou o militar, Leandro Henrique Alves, baleado em um restaurante na Rodovia Fernão Dias, em São Gonçalo do Sapucaí, na manhã deste sábado.

Equipes da PM passaram o sábado fazendo rastreamento na região, inclusive, na zona rural de São Gonçalo do Sapucaí, em busca dos suspeitos. Segundo a PM, o militar à paisana, que estava saindo do estabelecimento, percebeu a ação e teve início uma troca de tiros. Ainda de acordo com a PM, o suspeito detido teria agido com outros três homens, sendo dois deles armados.

Policial baleado foi levado para hospital e depois liberado em Pouso Alegre (MG) (Foto: Reprodução EPTV/Edson de Oliveira)
Policial baleado foi levado para hospital e depois liberado em Pouso Alegre (Foto: Reprodução EPTV/Edson de Oliveira)

“Estamos colhendo as informações, fazendo rastreamento na região para ver se a gente consegue chegar aos autores”, disse o tenente da Polícia Militar, Carlos José Tavares Freire.

Um funcionário do restaurante, que preferiu não ser identificado, disse que viu como tudo aconteceu. “Ele estava saindo desse estabelecimento, desse restaurante e percebeu a ação dos assaltantes chegando ao restaurante no pátio. No que ele viu os três assaltantes armados chegando ele resolveu tomar providência e enfrentá-los à bala”, contou a testemunha.

O policial baleado foi levado para o Hospital das Clínicas Samuel Libânio, em Pouso Alegre (MG). Segundo informações do hospital, ele teve alta no fim desta tarde. Já a polícia informou que o militar estava apenas de passsagem pela região e que ele trabalha no Centro-Oeste do estado.

“Ele estava passando pelo local. Ele não é daqui da região. Ele não trabalha na região. Ele trabalha na região de Formiga (MG)”

Ainda segundos os militares, o suspeito detido foi levado para a delegacia de Pouso Alegre. Até a publicação desta reportagem, os outros três suspeitos não tinham sido encontrados.

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *