Polícia Civil deflagra operação Sexagenário contra ‘golpe do motoboy’ em Itajubá

Três suspeitos de aplicarem os golpes foram presos.

A Polícia Civil de Minas Gerais, com apoio da Polícia Civil do Estado de São Paulo, deflagrou a operação Sexagenário, que resultou nas prisões de três suspeitos, buscas em duas centrais telefônicas clandestinas e apreensão de cerca de R$ 220 mil em patrimônio, em São Paulo, na última segunda-feira (29). A partir desses pontos, os investigados gerenciavam e faziam contato com as vítimas do “golpe do motoboy”.

O trabalho investigativo foi realizado pela Delegacia Regional em Itajubá, possibilitando identificar e localizar as centrais. A equipe da PCMG foi até a capital paulista para cumprir os mandados de busca e de prisão contra três suspeitos, de 24, 26 e 27 anos. Além disso, foram apreendidos três carros, uma motocicleta, R$ 13 mil em dinheiro, computadores, máquinas de cartão, além de celulares com conversas que indicam os estelionatos praticados.

A partir das centrais, os suspeitos telefonavam para a vítima, se identificavam como funcionários do banco e informavam que havia uma possível fraude na conta dela. Dessa forma, convenciam a vítima a entregar cartão e senha para um falso colaborador, que ia à residência dela para buscar o objeto. Assim, realizam transação, subtraindo valores da conta ou do cartão de crédito.

A operação recebeu o nome Sexagenário devido ao perfil das principais vítimas desse golpe, que são idosos na faixa de 60 anos. A Polícia Civil de Minas Gerais orienta aos cidadãos que questionem as ligações e não entreguem cartão e senha a ninguém. As instituições financeiras nem a polícia enviam mensageiro para tratar de assuntos que envolvem a conta bancária do usuário.

Fonte e foto: Ascom Polícia Civil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.