PM prende homem por violência doméstica e localiza armas de fogo em Elói Mendes

Nessa segunda-feira (30), a PM foi acionada a comparecer no pronto socorro do de Elói Mendes, onde havia dado entrada a vítima, uma mulher de 56 anos, com duas perfurações no tórax, provenientes de instrumento cortante.

Em contato com as testemunhas, irmão da vítima de 52 anos, e sua irmã de 46, alegaram que irmã vem sofrendo há tempos de maus tratos de seu companheiro de 56 anos.

As testemunhas alegaram que, frequentemente, a vítima aparece com hematomas e cortes diversos, sendo que o autor já chegou a utilizar um canivete em para agredi-la, causando uma cicatriz no seu braço direito.

Em contato com a vítima, afirmou que nesta data, pela madrugada, o autor havia pegado uma corda com intuito de se enforcar e, ao ser reprimido por ela, o autor apossou-se de um canivete e golpeou-a duas vezes na região do tórax, sendo ela socorrida pelas testemunhas somente de manhã. Ainda, segundo as testemunhas, o autor teria efetuado disparos de arma de fogo. A PM deslocou até a residência do autor, na zona rural de Elói Mendes, na região dos Cobertores e, chegando ao local, depararam com a residência aberta.

Após realizar diversos chamados e ninguém responder, PM iniciou adentramento na casa, encontrando o autor deitado em sua cama. Já no quarto onde o autor se encontrava, foi encontrado um canivete com resquícios de sangue próximo a ele, além de uma faca e um facão.

Indagado sobre os fatos, ele confirmou que havia agredido a vítima, não apresentando motivos para tal. O autor foi interpelado e também confirmou ter em sua propriedade, duas armas de fogo, prontificando-se a mostrar a PM onde estavam.

Em cima do guarda-roupas do quarto do casal, foi encontrada uma garrucha cal. 36 e no paiol, anexo à residência, foi encontrada uma espingarda cal.36, além de dez munições do mesmo calibre, deflagradas.

O autor alegou que não tem porte nem documentação referentes às armas de fogo encontradas.

Foi dada voz de prisão ao autor e apreendidos os materiais arrecadados e encaminhados à delegacia de plantão na cidade de Varginha para demais providências de Polícia Judiciária.

Fonte e fotos: PM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *