Pastor é preso em Pouso Alegre suspeito de estupro

Suspeito chantageava vítima através de aplicativo de mensagens forçando encontros.

A Polícia Civil de Minas Gerais prendeu um pastor, de 32 anos, suspeito por tentativa de estupro, na manhã dessa quinta-feira (24), em Pouso Alegre. A vítima, de 29 anos, procurou a polícia para denunciar que, mais uma vez, havia sido ameaçada pelo suspeito para que mantivesse relações sexuais com ele.

A mulher informou que foi forçada, mediante ameaça, a encontrar com o homem, naquela manhã, em Pouso Alegre. No terminal rodoviário da cidade, policiais civis surpreenderam o pastor no momento em que ele chantageava a vítima.

De acordo com a mulher, o suspeito a ameaçava, por meio de aplicativo de mensagem, afirmando que ela e a família teriam problemas com magia negra e ‘maus espíritos’, entre outras intimidações, caso ela não o encontrasse. Ainda segundo a vítima, desde junho ela vem sofrendo constrangimentos por parte do suspeito a fim de forçar o encontro.

Levantamentos indicam que o investigado, por meio de perfil pessoal e perfis falsos em outras redes sociais, constrangia, fazia ameaças e chantagens a mulheres com intuito de manter relações sexuais.

Após a prisão em flagrante e a confissão do crime, o homem foi encaminhado ao Sistema Prisional.

Fonte: Polícia Civil/Foto: Ilustrativa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *