Passos recebe encontro dos Fóruns Regionais de Governo

A cidade de Passos (Sul de Minas) sediará, no sábado (25/7/15), mais um encontro da 2ª fase dos Fóruns Regionais do Governo do Estado. O evento  terá início às 8 horas, na Escola Estadual Dulce Ferreira de Souza (Rua Antônio Celestino, 909 – Canjeranus). Organizados com o apoio da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), os Fóruns Regionais são espaços nos quais representantes da sociedade civil e autoridades apontam e debatem, em conjunto, ações prioritárias para cada região de Minas Gerais.

Os fóruns foram divididos em duas fases. Na primeira, iniciada no mês de junho, foram oficialmente instalados em 17 microrregiões, separadas de acordo com suas características, formando os chamados Territórios de Desenvolvimento. São eles: Norte, Noroeste, Médio e Baixo Jequitinhonha, Mucuri, Alto Jequitinhonha, Central, Vale do Rio Doce, Vale do Aço, Região Metropolitana de Belo Horizonte, Oeste, Caparaó, Zona da Mata, Vertentes, Sul, Sudoeste, Triângulo Sul e Triângulo Norte.

Ainda na primeira fase, autoridades, movimentos sociais, empresários, sindicatos e moradores dos 17 Territórios de Desenvolvimento preencheram formulários, fazendo um diagnóstico dos problemas de sua região e encaixando-os em um dos cinco eixos de planejamento: desenvolvimento produtivo, científico e tecnológico; infraestrutura e logística; saúde e proteção social; segurança pública; e educação e cultura. Esse documento recebeu o nome de Diagnóstico Territorial.

Esta segunda fase, iniciada no dia 11 de julho em Montes Claros (Norte de Minas), concentra-se em debater os problemas elencados nos formulários, organizando-os por prioridade. São formados grupos de trabalho e discussão, de acordo com o eixo temático, e cada grupo debate o Diagnóstico Territorial e organiza os problemas pela sua ordem de importância. Na plenária final do evento, os problemas priorizados pelos respectivos grupos são sistematizados e apresentados a todos os participantes.

Os documentos dos Fóruns Regionais serão utilizados para subsidiar a formulação do Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado (PMDI), do Plano Plurianual de Ação Governamental (PPAG) e da Lei Orçamentária Anual (LOA), que o Poder Executivo encaminhará à ALMG para aprovação no segundo semestre.

imagem (1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *