Operação João de Barro fiscaliza construções civis no sul e sudoeste do estado

Nessa quinta-feira (25), a Delegacia da Receita Federal em Poços de Caldas deflagrou a operação João de Barro, que fiscaliza construções civis de 26 cidades no sul e sudoeste do estado.

São fiscalizados contribuintes que concluíram construções residenciais, comerciais e industriais nos últimos cinco anos sem recolhimento parcial ou total das contribuições previdenciárias. De acordo com uma estimativa, R$ 15 milhões são sonegados por ano na jurisdição da delegacia da Receita Federal de Poços de Caldas.

Os contribuintes que não se regularizarem podem ser autuados e as multas são calculadas sobre os custos atuais, sendo a mínima de 75% e a máxima chegando a 225%. Ainda de acordo com a Receita, dependendo do caso, pode ocorrer representação fiscal para fins penais, que seria enviada ao Ministério Público Federal (MPF).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *