Municípios do Sul de Minas anunciam restrições para conter avanço do novo coronavírus

Cidades adotaram normas mais rígidas devido à crescente nos números de covid-19.

Redação CSul/Foto:Divulgação Prefeitura de Guaranésia

Devido à alta crescente de casos da covid-19 no país, cidades do Sul de Minas anunciaram restrições ao comércio visando conter o avanço da doença. Em Boa Esperança e Guaranésia, por exemplo, apenas os serviços considerados essenciais seguem abertos. O mesmo já vem acontecendo em Guaxupé. As normas já estão em vigor nas respectivas cidades.

Já em Poços de Caldas, o Comitê Extraordinário Covid-19 manteve a suspensão de várias atividades, tais como, eventos públicos e privados; clubes sociais, esportivos e similares, exceto para atividades físicas coletivas e academia; parques de diversão e parques temáticos; exploração de jogos de sinuca, carteado, bilhar e similares; produção teatral, de espetáculos circenses, de marionetes e similares (manter sistema on-line); produção de espetáculos de rodeios e vaquejadas, cinemas, sauna e banhos termais.

Para as atividades de bares, restaurantes, lanchonetes e lojas de conveniências, com e sem entretenimento, fica determinado a manutenção da ocupação máxima de 40% (quarenta por cento) de pessoas, exclusivamente sentadas e mantendo o distanciamento de 2 metros quadrados entre as mesas.

Em São Sebastião, a prefeitura anunciou que irá multar que estiver andando sem máscaras pelas ruas da cidade. A medida já está em vigor.

Casos de covid-19 na região

De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), o Sul de Minas contabiliza 58.660 registros da doença, com 1.307 mortes.

*Com informações: G1 Sul de Minas/Onda Poços

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.