Moradores enfrentam problema com abastecimento de energia em Ilicínea

Um problema no abastecimento de energia tem prejudicado moradores da zona rural de Ilicínea. Na casa da produtora rural Angela Maria Silva Costa, por exemplo, 600 litros de leite foram perdidos há uma semana porque faltou luz e ela não conseguiu fazer o armazenamento do produto que é a principal fonte de renda da família. A concessionária de energia elétrica, a Cemig, informou que uma falha nos equipamentos da linha de distribuição é responsável pelo desabastecimento e que o problema será corrigido até sexta-feira (24).

Enquanto isso, Angela improvisa maneiras de continuar trabalhando. “Tive que fazer queijo com vela acesa, porque não tinha luz, no escuro”, conta. “É muito prejuízo, quase toda semana. Carrega para o tanque, não vem luz, perde tudo.”

Mas na fazenda de café administrada por Iclorio Augusto da Silva não teve jeito. Com as máquinas paradas, produtores temem que a colheita deste ano seja prejudicada. “Nós não ‘consegue’ secar café, não ‘consegue’ lavar. Se continuar desse jeito, aí complica”, avalia o administrador.

Moradores da zona rural de Ilicínea, MG, reclamam de prejuízos com falta de energia (Foto: Reprodução EPTV/Erlei Peixoto)
Moradores da zona rural de Ilicínea, reclamam de prejuízos com falta de energia (Foto: Reprodução EPTV/Erlei Peixoto)

 

E os prejuízos só aumentam. A dona de casa Maria Tereza Silva dos Reis conta que já ficou dois dias sem energia elétrica. Tudo o que estava no congelador foi para o lixo. “O problema maior que eu acho é a demora para arrumar. Os atendentes não dão explicação nenhuma, diz que tem que aguardar”, relata a dona de casa.

Em nota, a Cemig informou que novos dispositivos de proteção na rede elétrica foram instalados, para reduzir o risco de que qualquer instabilidade no sistema interrompa o fornecimento de energia. Além disso, um novo equipamento deve ser instalado para aumentar a segurança do circuito e uma inspeção na rede rural de Ilicínea foi programada.

Fonte: G1 Sul de Minas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *