Iniciativa popular: Projeto de lei quer reduzir salários de políticos em Poços de Caldas

Eleitores de Poços de Caldas (MG) colheram assinaturas e criaram um projeto de lei de iniciativa popular para reduzir o salário do prefeito, vereadores e primeiro escalão da prefeitura. O documento já foi entregue à Câmara Municipal e deve ser lido já no dia 28 de novembro.

No início do ano, o prefeito já havia anunciado uma redução de 10% no salário dele, do vice e de secretários. Agora em 11 dias, foram recolhidas 7.123 assinaturas. A ideia é reduzir os salários dos seguintes cargos:

  • Prefeito: de R$ 28.847,85 para R$ 14.000,00
  • Vice-prefeito: de R$ 15.385,00 para R$ 7.000,00
  • Secretários: de R$ 11.154,49 para R$ 5.000,00
  • Cargos comissionados: redução de 50%
  • Vereadores: de R$ 11.337,24 para R$ 5.000,00

Além da redução dos salários, o projeto prevê ainda a criação de um Plano de Demissão Voluntária (PDV) para os servidores municipais. O objetivo é diminuir o número de trabalhadores na prefeitura e com isso reduzir em até 30% os gastos com a folha de pagamento no município.

“Tem muitos funcionários hoje, dentro da prefeitura, que não se aposentam. Está lá com salário de R$ 42,3 mil, outro com R$ 50, outro com R$ 35 [mil]. Então eles querem ficar até os 75 anos lá. O povo não aguenta pagar isso”, diz o comerciante Geraldo Laier.

Procurada pela EPTV Sul de Minas, a administração municipal disse que esse é um assunto da câmara e que não vai se pronunciar. O projeto ainda tem que passar pelo plenário da câmara, pra depois ir para as comissões.

Fonte: G1 Sul de Minas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *