Homem é preso em Lavras por manter pássaros engaiolados

Capturar pássaros da fauna silvestre, mantê-los em cativeiro e comercializar é crime ambiental e dá cadeia, processo e multa. Mesmo assim tem muita gente que se arrisca, como um homem no bairro Santa Efigênia que esta semana foi preso por manter pássaros da fauna brasileira em cativeiro.

A Polícia Militar do Meio Ambiente chegou até ele depois que recebeu uma denúncia anônima. Em sua residência os policiais do meio ambiente encontraram seis pássaros, sendo três Canários da Terra, dois Papa Capim e um Trinca Ferro, além de seis gaiolas e quatro alçapões.

O autor foi preso em flagrante delito e autuado por crime ambiental, recebeu uma multa de pouco mais de R$ 12.160, e foi conduzido até a 1ª Delegacia Regional de Polícia Civil (Depol). As gaiolas e os alçapões serão destruídos, como determina a lei ambiental e os pássaros passarão por avaliação de um médico veterinário e serão soltos em seus habitats naturais. Aqueles que estão engaiolados há muito tempo passarão por uma adaptação para depois serem introduzidos novamente na vida selvagem.

A Polícia Militar do Meio Ambiente pede a todos que conheçam situações semelhantes que denunciem através do telefone: (35) 3829-2100, a pessoa não precisa se identificar. Recebendo a denúncia, os ambientais certificam a veracidade e tomam as providências cabíveis.

De acordo com a Polícia Militar do Meio Ambiente, “os crimes ambientais causam prejuízo ao capital natural e ao ser humano”.

Fonte: Jornal de Lavras / Foto: Polícia Militar do Meio Ambiente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *