Governo de Minas prorroga prazo para interessados em realizar reparos no CMRR

O Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Sisema) está contratando empresa para realizar reparos na estrutura do Centro Mineiro de Referência em Resíduos (CMRR). A licitação por meio de pregão eletrônico será realizada no dia 31 de março e envolverá valores de cerca de R$530 mil. As empresas interessadas podem visitar o local até o dia 27 de março.

Será selecionada a empresa que possuir as características exigidas no edital de licitação nº 1371001 000018/2019, incluindo documentação, estrutura e oferecer as melhores condições e adequações, além do cumprimento do prazo estabelecido. O edital está disponível no sítio eletrônico de compras do Governo do Estado de Minas Gerais, mesmo local onde será realizado o pregão: www.compras.mg.gov.br

A contratação se faz necessária para solucionar problemas de infiltração, vazamento e escoamento de águas pluviais. Entre as obras listadas no edital está a remoção do telhado atual e instalação de um novo. Também será feita a recomposição dos forros atuais em gesso, madeira e outros materiais.

Outro item do edital é a manutenção e reparo nos equipamentos de combate a incêndio, bem como a correção do sistema central de ar condicionado, incluindo substituição de peças para todo o edifício e para o auditório. Haverá ainda a necessidade de reparos nos serviços de infraestrutura de cabeamento para as redes física, lógica e elétrica.

O CMRR foi inaugurado em 2007 e está localizado na rua Belém, nº 40, bairro Esplanada e as obras tem o objetivo de corrigir os danos causados pela ação do tempo e do uso contínuo. O imóvel possui uma área total de 10.580 m², sendo aproximadamente 4.194 m² de área coberta e é de propriedade do Governo de Minas Gerais.

Atualmente, o espaço é gerido pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Semad), por meio das Subsecretarias de Gestão Ambiental e Saneamento (Suges) e de Tecnologia, Administração e Finanças (Sutaf). ”O trabalho no Centro Mineiro e sua utilização são de extrema importância para a manutenção de uma parceira forte do estado com os empreendedores do bem. Ações para maximizar o alcance do trabalho desses profissionais são políticas que o CMRR vai fornecer, seja por capacitações mediante parcerias com o terceiro setor ou na liberação da utilização do espaço para eventos que beneficiem catadores e toda a população mineira. Por fim, o objetivo final é que o centro funcione como uma acelerador de ações na pauta de resíduos e dos nossos empreendedores”, frisou o subsecretário da Suges, Rodrigo Franco.

“Adicionalmente, o CMRR também irá funcionar com uma central logística, de forma a otimizar o uso da frota do Sisema e do arquivo de materiais. Desta forma, a partir do início do funcionamento, após a reforma, será possível economizar aproximadamente R$ 500 mil por ano, ação diretamente relacionada à melhoria da qualidade do gasto no âmbito do Estado”, completou o Subsecretário de Tecnologia, Administração e Finanças, Diogo Melo Franco.

Fonte: Ascom Meio Ambiente / Foto: Willian Dias/ Divulgação ALMG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *