Feriado prolongado é marcado por homicídios no Sul de Minas

Pelo menos três ocorrências de homicídios foram registradas no final de semana prolongado em cidades do Sul de Minas. As mortes aconteceram em Maria da Fé; Paraisópolis e Poço Fundo.

Homem é morto após dar carona em Maria da Fé

Um jovem de 20 anos foi morto em um assalto ao dar uma carona em Maria da Fé (MG) na madrugada de domingo (1º). Erick Custódio Luiz foi encontrado com um corte na garganta e sem vida no bairro Mata do Isidoro. O carro levado no assalto foi encontrado queimado na região próxima ao corpo.

O caso foi registrado como latrocínio, roubo seguido de morte. Segundo a Polícia Militar, testemunhas contaram que os dois suspeitos estavam em um bar e teriam pedido carona para a vítima.

No trajeto, anunciaram o assalto. A informação da polícia é que Erick teria reagido. Eles entraram em luta corporal e a vítima teve o pescoço cortado.

Os suspeitos fugiram no carro de Erick. O corpo foi abandonado no local. O jovem que trabalhava como serviços gerais foi enterrado no Cemitério Municipal de Maria da Fé ainda no domingo.

Carro em que a vítima estava foi incendiado/Foto: Reprodução Redes Sociais

Durante as buscas, um dos suspeitos, menor de idade, foi localizado e apreendido. O outro já foi identificado e a polícia segue nas buscas.

Erick não tinha nenhuma passagem pela polícia.

Jovens são mortos após saída de festa em Poço Fundo

Dois jovens foram mortos a tiros na saíde de uma festa em um sítio, na zona rural de Poço Fundo (MG), na madrugada de domingo (1º). As vítimas tinham 18 e 25 anos.

Segundo a polícia, os jovens eram moradores de Machado (MG). O sítio fica no bairro rural Dourado, na divisa de Poço Fundo, Turvolândia e Carvalhópolis.

As vítimas foram sepultadas na manhã de segunda-feira (2) no Cemitério Municipal de Machado. Ninguém foi preso.

Rapaz é morto na porta de casa em Paraisópolis

Um jovem de 23 anos foi baleado na porta de casa na noite desta segunda-feira (2), em Paraisópolis (MG). O rapaz foi identificado como Bruno Augusto de Carvalho Afonso. Ele chegou a ser socorrido, mas chegou ao hospital já sem vida.

Segundo informações da Polícia Militar, o homem estava em casa quando teria recebido uma mensagem e saiu. Testemunhas disseram que ouviram três tiros na rua e depois viram dois homens correndo. O local foi isolado para perícia da Polícia Civil.

Segundo a Polícia Civil, as primeiras informações são de que a motivação do crime seja uma represália por conta de uma agressão que a vítima cometeu contra uma ex-namorada no mês de outubro. As investigações devem continuar nos próximos dias.

O corpo da vítima está no necrotério do Hospital Frei Caetano.

Com informações: G1 Sul de Minas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *