Empresa de transporte coletivo anuncia fim do serviço em São Lourenço, mas Prefeitura tranquiliza moradores

Na última quinta-feira (30), a CSL – Circular São Lourenço, empresa responsável pelo transporte coletivo na cidade, emitiu um comunicado informando que a empresa deixaria de prestar o serviço no município a partir do dia 1º de Setembro. Assim que a nota foi divulgada, a população de São Lourenço ficou apreensiva, temendo ficar sem os serviços.

Segundo a nota da CSL, o motivo do encerramento das atividades seria o encerramento do contrato para a prestação dos serviços, que é de 15 anos e que não foi renovado.

“A empresa de ônibus “Circular São Lourenço” vem a público informar que no próximo dia 1º de setembro, ao término do turno da noite, estará deixando o serviço de transporte de passageiros na cidade de São Lourenço em virtude do encerramento da vigência do contrato com validade de 15 anos. Agradecemos a população de São Lourenço por sempre confiar em nosso trabalho assim como os nossos colaboradores e fornecedores”, disse a nota.

Após a publicação feita pela a CSL e com o intuito de tranquilizar a população, a Prefeitura Municipal de São Lourenço se manifestou através de nota enviada a imprensa e esclareceu algumas dúvidas sobre a não renovação do contrato e o que esta sendo feito para que a população não fique sem os serviços do transporte coletivo.

De acordo com a Prefeitura, de fato, o contrato atual de concessão de transporte público com a empresa Circular São Lourenço se encerra no dia 31/08 deste ano. A concessão já não atende a contento todos os requisitos do contrato, como, por exemplo, a utilização de veículos com idade superior a permitida legalmente. Assim, visando oferecer maior conforto e melhorias aos seus usuários, e considerando que o atual modelo de concessão é ultrapassado e desatualizado, o Poder Executivo contratou uma empresa especializada para fazer estudo detalhado (projeto básico) da situação do transporte público coletivo de São Lourenço, inclusive com o apoio da própria Circular, e que servirá de subsídio para a nova concessão que será realizada.

O estudo já está sendo finalizado, e será feita uma audiência pública, ainda no mês de Junho para que toda a população possa opinar e ter conhecimento da nova concessão.

Ainda segundo a Prefeitura, já estavam sendo feitas tratativas com a Circular São Lourenço a fim de que o atual contrato fosse prorrogado por prazo determinado até que a empresa vencedora da licitação iniciasse os serviços caso fosse necessário. No entanto, a CSL estaria impondo diversas condicionantes para continuar operando, dentre elas um valor altíssimo de subsídio na qual o Município não teria condições de arcar.

Ainda segundo a PMSL, em que pese a nota divulgada na página do Facebook da empresa, as partes (Município e Circular) ainda não haviam concluído formalmente as tratativas e que a população não ficará desatendida por esse importante serviço público, pois, o Município já está realizando os trâmites iniciais para a contratação de uma empresa, até que a vencedora da concorrência pública se mobilize e assuma os trabalhos, caso seja necessário.

Fonte: O Popular Net / Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *