Assinado edital de tombamento da Ponte das Amoras entre Alfenas e Campos Gerais

O edital para o tombamento da Ponte das Amoras como patrimônio histórico de Minas Gerais foi assinado durante o II Seminário Patrimônio Cultural de Alfenas, no final de setembro. É mais uma etapa do processo que envolve uma parceria entre os municípios de Alfenas e de Campos Gerais.

Construída no final da década de 1950 e com 989 metros de extensão, a ponte é considerada a maior que passa pelo Lago de Furnas. Caso se oficialize o tombamento, as cidades passariam a receber repasses de ICMS Patrimônio Cultural e Histórico, um percentual de transferência do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços para manutenção da ponte, mantendo as suas características.

Durante o Seminário, realizado na Unifal (Universidade Federal de Alfenas), a Presidente da Acilago (Associação Turística do Lago de Furnas), Thayse Castro, disse que o tombamento ajudará a atrair mais turistas para a região, reforçando a vocação da região para esse setor da economia.

Em abril, quando a ideia de tombamento foi tornada pública em veículos de comunicação, o superintendente de Cultura de Alfenas, Guilherme Abraão disse que essa será uma ferramenta para impulsionar o turismo náutico além da preservação histórica do bem a ser tombado.

Um dos trabalhos que envolve o processo para o tombamento é a produção de um dossiê, usado como referência no livro de tombo. Allyson Thalles Teixeira, que representou Furnas durante o seminário, afirmou que a empresa está à disposição para ceder os documentos necessários que auxiliarão no processo.

O seminário teve como tema “Os Diversos Olhares Sobre Patrimônio” e foi realizado pela Secretaria de Educação e Cultura de Alfenas em parceria com empresa de consultoria Triângulo Cultural. Quarenta fotos de diversos ângulos da Ponte das Amoras, alguns da construção e outras mais recentes, foram cedidas pelo fotografo Wilson Orfão e expostas durante o evento.

Fonte: Alfenas Hoje / Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *