Delegacia Regional de Varginha desmantelou associação criminosa em Ilicínea

A Delegacia Regional de Varginha desmantelou, em Ilicínea, uma associação criminosa envolvida na prática dos crimes de furto, receptação, corrupção de menores e adulteração de sinais de veículos automotores. A ação contou com a Polícia Civil de Guapé, Boa Esperança e Ilicínea, que com muita acuidade e intensas diligências, conseguiu prender os criminosos.

O fato iniciou no dia 1º de junho em Ilicínea, onde policiais militares efetuaram a prisão em flagrante delito de Saymon Rodrigues da Silva e Paulo Rodrigues da Silva, bem como a apreensão em flagrante de ato infracional de S. J. B., todos acusados do cometimento do crime de furto de um veículo Toyota Bandeirantes.

A prisão dos adultos foi ratificada pela autoridade policial plantonista, imputando aos suspeitos os crimes de furto qualificado pelo concurso de agentes e corrupção de menores. Nesta ocasião, os policiais militares mencionaram que os mesmos suspeitos tinham tentado, dias antes, furtar outro veículo Toyota Bandeirantes.

Em face da informação, tendo em vista a insistência dos criminosos em subtraírem exatamente o mesmo modelo de automóvel, as equipes de policiais civis, no dia 10, deslocaram à cidade para apurar mais afundo a ação dos suspeitos. No local, foi constatado que os suspeitos tinham em seu poder o chassis de um outro veículo Toyota Bandeirantes, que certamente seria usado para clonagem dos veículos que tentaram furtar.

O referido chassis se encontrava no pátio de Anadirson Ferreira, patrão de Saymon e R.N.B e apontado, portanto, como beneficiário direto e possível mentor dos delitos. Em continuidade das diligências, as equipes de policiais civis se dirigiram à casa de S.J.B e, no local, encontraram e apreenderam uma motocicleta Yamaha YBR vermelha, clonada, com placas de uma motocicleta Honda CG 125, azul. Tal veículo havia sido vendido por Anadirson para o adolescente R.N.B, irmão de S.J.B e também funcionário de Anadirson.

Na ocasião, as equipes de policiais civis tomaram conhecimento de uma outra motocicleta, XRE, vendida por Saymon à pessoa de Fabio Gomes de Aguiar, primo de S.J.B e R.N.B. As equipes foram à propriedade rural de Fabio e encontraram a motocicleta escondida em um cafezal. A motocicleta era clonada e trazia placas de uma motocicleta XTZ. O veículo foi apreendido e Fabio foi preso em flagrante delito por receptação, sendo colocado em liberdade após pagamento de fiança.

Já nesta terça-feira (11), a Polícia Civil concluiu um dos inquéritos policiais, demonstrando que Saymon Rodrigues da Silva, Paulo Rodrigues da Silva, Anadirson Ferreira, S. J. B. (adolescente), R.N.B (adolescente) formaram associação criminosa para o cometimento de crimes de furto, clonagem de veículos e corrupção de menores, sendo todos os adultos indiciados e os adolescentes responsabilizados nos termos do Estatuto da Criança e do Adolescente. Fabio por sua vez, foi indicado por receptação, em conclusão à sua prisão em flagrante delito. Abaixo, segue fotos das motocicletas apreendidas pela Polícia Civil e do chassis do Toyota Bandeirantes encontrado em posse dos suspeitos.

Participaram dos trabalhos:
Dr. Wellington Clair de Castro – Delegado Regional
Dr. Alexandre Boaventura Diniz – Delegado de Polícia
Dr. Marcelo Fahra Bizarra – Delegado de Polícia
Henrique Eduardo Pinto – Inspetor
Eduardo Carvalho de Souza – Investigador
Amarildo Vieira Silva – Investigador
Olinto José de Faria – Investigador
Laiz Tamara Costa Santos – Investigadora
Luiz Claudio Bomfim – escrivão de polícia
Nilo Antonio Rodarte – escrivão de polícia
Alisson Vinícius Silva – Escrivão ad hoc
João Marcos Santos Costa – Escrivão ad hoc

Fonte e fotos: Polícia Civil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *