Comoção e homenagens marcam enterro de menino com câncer

 Foi sepultado na manhã desta segunda-feira (30) o menino Thiago Carvalho, o Thiaguinho, de 9 anos, em Poços de Caldas. Ele morreu na tarde deste domingo (29), no Hospital da Santa Casa, após lutar quase dois anos contra um câncer.  O enterro do garoto comoveu muitos moradores da cidade, que mesmo sem conhecê-lo pessoalmente, se mobilizaram e prestaram homenagens no velório e nas redes sociais.

Thiaguinho, como ficou conhecido, lutava contra o câncer desde 2013, quando foi diagnosticado com um tumor na glândula adrenal, que fica acima dos rins.O menino chegou a ser curado, mas a doença voltou em 2015 e foi preciso recomeçar o tratamento no Hospital Boldrini de Campinas(SP). Recentemente o quadro de saúde dele havia piorado, e Thiaguinho estava internado desde o dia 23.

O enterro do menino foi ás 10h desta segunda-feira, mas desde a noite de domingo, familiares, amigos e até quem não o conhecia pessoalmente foram prestar homenagens na igreja São Judas Tadeu.

A filha chegou até a parte de fora da igreja. Muita gente que esteve no local vestia camisetas com a foto do garoto estampada. A última homenagem veio de boa parte da população poços-caldense. “O coração esta doendo, mas sabemos que ele cumpriu a missão dele e está descansando” , disse Clayton, o barbeiro que sempre cortou o cabelo do garoto.

Tem gente que não conhecia o garoto, mas foi ao enterro. “Eu só o via pelas redes sociais, mas me comovi. Vim prestar uma última homenagem a uma pessoa muito especial para o Brasil inteiro”, comentou Adalberto Monteiro.

Nas redes sociais, o menino também recebeu várias homenagens. A Caldense publicou em sua página oficial uma foto de Thiaguinho vestindo a camisa autografada pelos jogadores e segurando uma bola que ganhou de presente do time. A publicação diz: a nação alviverde está preta e branca. E o ex-jogador da veterana, Diney, publicou pela manhã uma foto com o menino, dizendo que ele era um anjo e que o Brasil aprendeu com ele.

A mãe do garoto, Thaís Carvalho, comentou sobre a força do filho. “Não tenho palavras para expressar a dor que eu estou sentindo, mas também estou muito feliz. O Thiago cumpriu sua missão brilhantemente. Ele sempre brilhou aqui e vai brilhar mais no céu. Eu fui muito privilegiada por ter sido mãe dele durante 9 anos e só tenho a agradecer a Deus, até na hora da passagem dele foi do jeitinho que eu pedi”, declarou.

Caso de menino de Poços de Caldas comoveu jogador Neymar, que fez questão de conhecê-lo (Foto: Reprodução EPTV)Caso de menino  comoveu Neymar, que fez questão
de conhecê-lo (Foto: Reprodução EPTV)

Sonho realizado
Apaixonado por futebol, Thiaguinho ganhou uma legião de fãs por causa da simpatia e coragem para encarar o tratamento contra a doença. Mesmo com a pouca idade,  Thiago tornou-se um símbolo da luta contra o câncer. Mais do que isso, o menino era alguém que acreditava nos próprios sonhos e com a ajuda de amigos e até mesmo desconhecidos, conseguiu realizar alguns deles.

Apaixonado por futebol, ele entrou de mãos dadas com o atacante Diney, da Caldense, em um jogo da série D do Brasileirão. Depois disso, fez o símbolo da veterana no cabelo e visitou o CT da Caldense. Torcedor declarado do Santos, ele também foi ao CT Rei Pelé, no litoral paulista, mas o que ele queria mesmo era chegar perto do ídolo,  Neymar. Ele conquistou até o apoio do jogador por meio de uma campanha nas redes sociais.

Mas um dos maiores sonhos era conhecer o ídolo Neymar, que já havia gravado um vídeo dando força ao garotinho. Depois de uma campanha nas redes sociais, Thiaguinho  conseguiu conhecer o craque do Barcelona no Instituto do jogador, que fica na Praia Grande (SP), litoral paulista.

Na ocasião, o garoto comentou o fato. “Eu fiquei muito feliz, porque conversei com ele e porque ele me deu um monte de coisas”, disse.

Busca pela cura
A busca pela cura da doença era constante a  família do garoto conseguiu uma liminar na justiça para o uso da fosfoetanolamina, a substância desenvolvida na USP de São Carlos (SC), que promete eliminar tumores.

No dia 19 deste mês, um dos desejos do menino também foi realizado. Mesmo já respirando com a ajuda de um tubo de oxigênio, ele fez a primeira comunhão.  “Ele sempre dizia, e essa é uma frase dele,  que todo sofrimento deve ser transformado em um sorriso”, comentou Padre Bruce.

Amigos e conhecidos mandaram mensagens de apoio nas redes sociais (Foto: Reprodução Facebook)Amigos e conhecidos mandaram mensagens de apoio nas redes sociais (Foto: Reprodução Facebook)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *