Comerciante e ex-candidato a vereador é morto após assassinar esposa no ano passado em Bandeira do Sul

Homem estava em um veículo, que foi perseguido e alvo de disparos; vítima era acusada de matar ex-mulher com 13 facadas, no ano passado, em Bandeira do Sul.

Redação CSul/Foto: Ilustrativa

O homem suspeito de matar a companheira com 13 facadas, no dia 18 de outubro de 2020, foi morto nesta quarta-feira (17), em Bandeira do Sul. Adílio Sérgio Gomes, de 40 anos, estava em um veículo, que foi perseguido e alvo de vários disparos.

À época, Adílio era candidato a vereador em Bandeira do Sul e trabalhava, também, como comerciante na cidade.

O crime

Roberta Camile de Araújo Silva, de 33 anos, era companheira de Adílio. Na época do crime, segundo uma das filhas do casal, seus pais estavam em um sítio e se desentenderam devido à porta aberta de uma geladeira. Ainda conforme a jovem, os pais voltaram para casa e continuaram discutindo. Pouco tempo depois, ela ouviu gritos de sua mãe, no momento em que se deparou com a vítima caída e com as roupas sujas de sangue.

Roberta levou 13 facadas, sendo oito nas costas, três na perna, uma na mão e uma no abdômen. A vítima morreu ainda no local. Pouco tempo depois, Adílio fugiu.

Menos de 10 dias depois o autor foi preso pela Polícia Civil, porém solto no mesmo dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.