Adolescente morta em Botelhos estava grávida, diz Polícia Civil

montagembotelhosPelo menos 15 pessoas já foram ouvidas pela Polícia Civil de Botelhos, durante a investigação do assassinato de uma adolescente de 15 anos. Segundo o delegado responsável pelo caso Thiago Moreira, o laudo da perícia aponta que a jovem estaria grávida e teria sido enforcada até a morte. Mariana Rodrigues Ferreira foi encontrada nua e machucada na última terça-feira (14) em uma casa no centro da cidade.

As investigações apontam que a casa em que a adolescente foi encontrada não tem moradores há pelo menos três meses. O imóvel fica no centro da cidade e sempre com portões e portas abertas.

O delegado informou também que a vítima era usuária de drogas e embora tivesse familiares na zona rural, vivia pelas ruas do centro da cidade. A suspeita é de que algum morador de rua tenha cometido o crime, mas até esta publicação, ninguém havia sido preso e pelo menos outras 10 pessoas devem ser ouvidas.

Os arquivos da Polícia Civil apontam ainda que a jovem tinha passagens desde os 12 anos por lesão corporal e tráfico de drogas, por isso o delegado trabalha com a possibilidade de um acerto de contas. “Talvez ela tivesse uma dívida com traficantes, por isso tenha sido morta, mas ainda estamos investigando”, disse.

Ainda de acordo com o delegado, a possibilidade do estupro não foi confirmada. “Ela tinha uma lesão grande na vagina e no ânus, mas não ficou comprovado que ela tenha sido estuprada, ainda estamos colhendo materiais e provas”, completou Moreira.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *