Acidente deixa 10 pessoas gravemente feridas em Guaranésia

Ocorrência registrada na BR-491, envolveu um carro e uma caminhonete.

Redação CSul/Foto destaque: Corpo de Bombeiros

Um acidente na manhã desta terça-feira (13), deixou ao menos dez pessoas feridas na BR-491, em Guaranésia. De acordo com o Corpo de Bombeiros,  um pálio de Franca-SP colidiu frontalmente com uma Pick Up S10, de Orlândia. 

Na Pick havia cinco ocupantes, sendo dois adultos e três crianças; todos tiveram ferimentos leves e foram socorridos por unidades do SAMU e ambulâncias da prefeitura, transportados para o hospital de Guaranésia. 

Vítimas ficaram gravemente feridas devido à batida/Foto: Corpo de Bombeiros

Já no pálio havia cinco vítimas adultas, todas tiveram ferimentos mais graves, como trauma crânio encefálico e fraturas de membros inferiores. As vítimas foram socorridas pelos bombeiros e por ambulâncias do SAMU, sendo transportadas para hospitais de Guaranésia e Guaxupé.

Corpo de Bombeiros, SAMU e ambulâncias da prefeitura de Guaranésia auxiliaram no resgate/Foto: Corpo de Bombeiros

Uma das mulheres do pálio precisou ser transportada as pressas pela Unidade de Resgate do 4º Pelotão de Bombeiros até a Santa Casa de Guaxupé, devido ao agravamento de suas condições vitais.

A aeronave Arcanjo do Corpo de Bombeiros de Varginha esteve no local. Em uma manobra complexa, os pilotos do helicóptero (Major Dias e Tenente Saldanha) fizeram um pouso improvisado no meio da rodovia para transportar uma das vítimas do Pálio (homem de aproximadamente 40 anos) para o Hospital Alzira Velano, em Alfenas. A vítima foi estabilizada no local pela equipe médica do SAMU que compõe a aeronave e logo em seguida removida para o hospital de Alfenas. 

A pista ficou interditada nos dois sentidos por mais de 40 minutos. A Polícia Militar Rodoviária e Polícia Militar de Guaxupé, estiveram no local para apoio na operação de resgate. 

Equipes do hospital e da Defesa Civil de Guaranésia deram apoio imprescindível no resgate as vítimas desse grave acidente. Embora as condições das vítimas sejam graves (pálio), todas foram resgatadas com vidas e submetidas a cuidados médicos logo a seguir. 

Fonte: Ascom Corpo de Bombeiros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *