Suíça aprova lei que criminaliza discriminação contra público LGBTQ

Suíça aprovou uma lei que criminaliza a discriminação contra os LGBTQ. A determinação, segundo adiantou o Dazed, prevê que se alguém for considerado acusado de homofobia ou transfobia passa a enfrentar a possibilidade de ser condenado a uma pena de até três anos de prisão.

No total, 118 deputados suíços votaram a favor da mudança na lei, 60 disseram ser contra e cinco abstiveram-se. A decisão segue o exemplo de outros países como a Índia e a Trindade e Tobago, que aprovaram leis que garantem mais direitos à comunidade LGBTQ.

Mathias Reynard, membro do Partido Social Democrata, foi uma das pessoas que lideraram a campanha para alterar o código penal suíço. Ele se mostrou satisfeito com a decisão. “A homofobia não é uma opinião, é um crime. A vitória manda uma mensagem forte”, afirmou Reynard, que já está trabalhando para tentar legalizar o casamento entre pessoas do mesmo sexo na Suíça.

Fonte: DR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *