Rapper confessa ter dissolvido corpos de estudantes em ácido no México

O rapper e ‘youtuber’ mexicano Christian Omar “N”, também conhecido como QBA, confessou ter dissolvido os corpos de três estudantes de cinema em ácido, revelaram as autoridades locais nessa quarta-feira (25). O caso aconteceu no mês passado no estado de Jalisco, no México, e chocou o país.

QBA foi um dos suspeitos detidos pelos assassinatos de Salomón Aceves Gastélum, de 25 anos, Daniel Díaz e Marco Ávalos, ambos com 20 anos. Os estudantes foram sequestrados no dia 19 de março, em Jalisco, torturados e assassinados.

A líder da investigação, Lizette Torres, informou à AFP que o rapper admitiu em depoimento ter sido o responsável por desaparecer com os corpos, dissolvendo-os em ácido. Ele ainda teria participado de outros três homicídios.

O jovem disse ainda que recebia 3 mil pesos por semana – cerca de R$ 550 – para trabalhar para o Cartel Jalisco Nova Geração (CJNG), um dos mais poderosos do México. Ele exercia a atividade há cerca de três meses.

Como rapper, Christian Omar tinha duas páginas no Facebook, com 90 mil e 50 mil seguidores, e um canal no YouTube, com 123 mil seguidores, como observado pelo G1. Em suas canções, ele fala sobre violência, armas e drogas.

Fonte: Notícias ao Minuto / Foto: Reprodução/Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *