Polícia de Pequim impede ‘invasão’ de guerreiros espartanos

A polícia de Pequim interrompeu um desfile de centenas de ocidentais fantasiados como guerreiros espartanos para promover um restaurante, o que provocou inúmeras reações na internet nesta quinta-feira (23).

As redes sociais chinesas se deleitavam com as insólitas imagens de policiais detendo jovens estrangeiros vestidos com sandálias, shorts apertados e uma capa por cima de seu torso nu.

A imprensa oficial, lembrando a Batalha das Termópilas, não hesitou em anunciar: “A polícia de Pequim reprime os corajosos guerreiros espartanos”.

A companhia Sweetie Salad, que vende pratos de massas e saladas pela internet e em seu restaurante, explicou ter contratado “modelos estrangeiros” para espalhar seus pratos na quarta-feira (22).

Com este golpe publicitário quis celebrar o primeiro aniversário do seu negócio, mas o impacto foi muito maior do que o esperado.

A polícia de Pequim indicou, por sua vez, que precisou agir porque o evento representou uma “perturbação a ordem pública”.

“Nós humildemente reconhecemos que, como start-up, falta-nos experiência na organização de eventos de grande escala”, lamentou a empresa em um comunicado.

“Agradecemos a polícia por seus conselhos para continuar nossa atividade”, acrescentou a companhia.

china-spartans-stunt_fran

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *