Irã diz que Israel inventa pretextos para atacar a Síria

Teerã acusou nesta sexta-feira (11) Israel de inventar pretextos para atacar a Síria, um dia depois dos bombardeios feitos por Tel Aviv contra supostos alvos iranianos em Damasco (foto) e Homs. “Os ataques reiterados do regime sionista contra o território sírio aconteceram com pretextos inventados , que carecem de fundamento”, contou o porta-voz do ministério iraniano das Relações Exteriores do Irã, Bahram Ghasemi, segundo a agência Isna.

Ghasemi disse que seu país “condena com firmeza os ataques” na Síria e que Damasco tem “todo o direito de se defender”. O Irã é aliado do ditador Bashar al-Assad na guerra civil síria. Já Israel se mantém neutro no conflito, mas já disse por diversas vezes que não vai permitir que Teerã use a Síria para realizar ataques contra seu território.

Assim, na quinta-feira (10) Tel Aviv afirmou que bombardeou posições iranianas na Síria em represália a ataques realizados por Teerã contra parte das colinas de Golã, território controlado por Israel. Ghasemi não quis comentar sobre esta acusação israelense, mas criticou o bombardeio feito por Tel Aviv.

“Os múltiplos ataques do regime sionista em território sírio e a violação da soberania deste país, em particular durante os últimos dias, representam uma agressão clara e um exemplo da natureza deste regime dominador e mentiroso, que tenta provocar crises e não pode tolerar a estabilidade e a segurança na região”, afirmou o chanceler iraniano. A troca de acusações acontece após o presidente americano Donald Trump anunciar na terça-feira (8) que seu país iria deixar o acordo nuclear com o Irã.

Fonte: Notícias ao Minuto / Foto: REUTERS/Omar Sanadiki

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *