Incêndios na Grécia ainda têm 100 desaparecidos; Restos mortais das 86 vítimas foram examinados

A Grécia já examinou os restos mortais das 86 vítimas dos incêndios que atingiram os arredores de Atenas, capital do país, na última segunda-feira (23).

O anúncio foi feito pelo chefe da equipe médica no obituário de um dos principais hospitais da metrópole grega. Por outro lado, o enviado da ANSA ao país constatou que continua o calvário dos parentes, que chegam a Atenas para levar os corpos de seus entes queridos ou para iniciar o processo de identificação por DNA.

Alguns cadáveres são colocados dentro de caixões em furgões de funerárias, mas outros ficam somente em sacos plásticos, por se tratar apenas de amontoados de restos mortais.

Os incêndios atingiram as florestas de Kineta, 50 quilômetros a oeste de Atenas, e Penteli, 20 quilômetros a leste da capital.

As autoridades suspeitam que as chamas tenham origem dolosa.

O porta-voz da Proteção Civil da Grécia, Spyros Georgiou, disse à ANSA que cerca de 100 pessoas ainda estão desaparecidas. “São números destinados a mudar de hora em hora, mas, infelizmente, tendem a se estabilizar”, declarou. Segundo ele, a maior parte das casas destruídas ficava em áreas com risco de incêndio.

Foto: Reuters / Alkis Konstantinidis
Fonte: Notícias ao Minuto / Foto: Reuters / Alkis Konstantinidis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *