Estado Islâmico reivindica atentado suicida em Cabul que deixou mortos e feridos

Ao menos 11 pessoas morreram e 25 ficaram feridas nesta quinta-feira (4) em Cabul quando um suicida se explodiu perto de uma manifestação, informou um porta-voz oficial à AFP. O ataque foi reivindicado pelo grupo Estado Islâmico, se acordo com a agência de notícias Amaq, ligada ao grupo.

“Podemos confirmar até agora que 11 corpos foram trasladados aos nossos hospitais, assim como 25 feridos”, informou à AFP o porta-voz do Ministério da Saúde, Wahid Majroh.

“O balanço pode aumentar, as ambulâncias continuam fazendo seu trabalho”, acrescentou.

“Um atacante suicida fez explodir sua carga (…) perto de vários policiais que estavam protegendo uma manifestação”, declarou, por sua vez, um porta-voz do ministério do Interior, Nasrat Rahimi.

A manifestação tinha sido convocada em protesto contra a morte de um comerciante durante uma operação policial contra traficantes de álcool e drogas, explicou um encarregado pedindo para ter sua identidade preservada.

O atentado suicida ainda não foi reivindicado.

Fonte: G1 Mundo / Foto: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *