Epicentro de novo coronavírus migra para Europa, afirma OMS

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde, Tedros Adhanom Ghebreyesus, afirmou hoje (13) que o número de casos de coronavírus na Europa superou a quantidade registrada no ponto de origem da doença: a cidade de Wuhan, na província de Hubei, na China.

“Mais de 132 mil casos de Covid-19 foram registrados, em 123 países e territórios. [O coronavírus] atingiu um marco trágico: 5 mil pessoas perderam suas vidas”, relatou Ghebreyesus. A Itália, maior foco de Covid-19 fora da China, registra 15 mil casos confirmados e mais de mil mortes no momento da publicação desta reportagem.

Sobre a pandemia, o médico afirmou que a OMS elaborou, com evidências científicas, um guia composto de oito pilares de ações que devem ser adotadas por países signatários. “Nossa mensagem aos países continua a ser: vocês precisam ter uma abordagem ampla. Não apenas testes, não apenas as redes de contágio. Não apenas a quarentena. Não apenas distanciamento social. Tomem todas essas medidas”, afirmou.

Sobre medidas sanitárias que podem ser adotadas individualmente, Tedros voltou a indicar a higiene contínua das mãos. “São coisas simples e eficazes que todos podemos fazer para diminuir o risco de infecção em nós e nas pessoas ao nosso redor. Limpe suas mãos regularmente com álcool gel ou água e sabão”.

Fonte: Agência Brasil/Foto: Reuters 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *