Arábia Saudita abre fronteira e aeroportos para peregrinos do Catar

A Arábia Saudita abrirá uma passagem de fronteira para os cataris que farão a peregrinação muçulmana anual do haj e fornecerá um avião para os peregrinos, apesar de uma desavença que levou Riad e outros países da região a cortar laços de transportes com o Catar.

Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Bahrein e Egito suspenderam essas ligações com o Catar em junho e impuseram sanções, acusando o vizinho de apoiar militantes islâmicos e o Irã, o que Doha nega.

A estatal de notícias SPA disse que a passagem de fronteira de Salwa será aberta aos cataris para o haj, que neste ano ocorre entre o final de agosto e o início de setembro.

Jornada

A Arábia Saudita havia dito que os peregrinos cataris não seriam afetados pelas restrições de viagem, mas alguns deles relataram dificuldades para organizar a jornada.

Os peregrinos podem atravessar a passagem sem as autorizações que normalmente é necessário obter de antemão para o haj, disse a SPA.

O rei saudita ordenou o envio de um avião da Saudi Airlines para transportar os peregrinos cataris a Jidá por sua conta, segundo a SPA. Estes também poderão passar por dois aeroportos do reino, noticiou a agência.

O Catar acusa a Arábia Saudita de politizar a peregrinação e se queixou ao relator especial da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre liberdade religiosa no mês passado.

Não ficou claro o quanto a abertura da passagem de fronteira aos peregrinos ajudará a resolver a crise, a pior entre países do Golfo Pérsico aliados dos Estados Unidos em anos. A mídia catari não divulgou de imediato a reportagem saudita.

Alguns cataris disseram que, mesmo com autorizações para entrar na Arábia Saudita, temerão por sua segurança.

Peregrinos muçulmanos oram em torno da Kaaba, na Grande Mesquita de Meca (Foto: REUTERS/Ali Jarekji/File Photo)

“Acho que é muito arriscado ir a Meca este ano, pode haver crimes de ódio contra cataris”, disse Fatima al-Mohannadi, estudante do Catar.

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *