Vitória de Wagner Pires de Sá em eleição presidencial no Cruzeiro marca primeira derrota de Perrella na política do clube

A eleição que definiu Wagner Pires de Sá, de 76 anos, novo presidente do Cruzeiro, marcou a primeira derrota de Zezé Perrella na história política do clube. Senador da República, ele chegou a se candidatar ao cargo máximo do Barro Preto, mas desistiu e indicou ao pleito o advogado Sérgio Santos Rodrigues, de 35 anos. As urnas registraram votos para o nome da situação indicado pelo atual presidente Gilvan de Pinho Tavares. Sérgio ficou com 200.

Desde que venceu a primeira eleição no Cruzeiro, em 1994, e assumiu o clube no ano seguinte, Perrella nunca havia perdido uma eleição, seja como candidato ou apoiador. Ele comandou o clube de forma ininterrupta até 2002, com três mandatos (um biênio e dois triênios).
Em 2002, Zezé Perrella elegeu o irmão Alvimar de Oliveira Costa para o triênio 2003/05. Campeão da Tríplice Coroa, em seu primeiro ano à frente do Cruzeiro, ele se reelegeu e seguiu no principal cargo do clube até 2008.
Perrella decidiu se candidatar novamente e venceu Márcio Rodrigues na eleição de 2008, assumindo o Cruzeiro pela quarta vez entre 2009 e 2011. Nesse último ano, já no cargo de senador da República, ele entregou o comando para seu aliado, Gilvan de Pinho Tavares, que viria a vencer as eleições de 2011 (triênio 2012/14) e 2014 (triênio 2015/2017).

Ao longo dos últimos anos, Gilvan de Pinho Tavares rompeu com o grupo político de Zezé Perrella e decidiu lançar candidato próprio na eleição. O nome preferido inicialmente era o vice de futebol Bruno Vicintin, mas só a mudança no estatuto o viabilizaria no pleito, o que acabou não ocorrendo. A situação acabou escolhendo o economista Wagner Pires de Sá. Nesta segunda-feira, ele superou o nome indicado pelos irmãos Perrella e Alvimar.
Ramon Lisboa/EM/D. A Press
Grupo político de Perrella (d) acompanhou atentamente a apuração dos votos no salão do Barro Preto. Ramon Lisboa/EM/D. A Press

 

 
A seguir, a linha do tempo eleitoral de Perrella no Cruzeiro:
1994 – Zezé Perrella é eleito presidente (gestão 1995/1996)

1996 – Zezé Perrella é reeleito para primeiro triênio (gestão 1997, 1998, 1999)

1999 – Zezé Perrella é reeleito para segundo triênio (gestão 2000, 2001, 2002)

2002 – Alvimar de Oliveira Cosa, irmão de Zezé, vence eleição (2003, 2004, 2005)

2005 – Alvimar de Oliveira Costa, apoiado por Zezé, é reeleito (2006, 2007, 2008)

2008 – Zezé Perrella é eleito presidente para mais um triênio (2009, 2010, 2011)

2011 – Apoiado por Zezé Perrella, já na condição de senador da República, Gilvan  de Pinho Tavares vence eleição sobre narrador esportivo Alberto Rodrigues

2014 – Gilvan de Pinho Tavares vence eleição por aclamação

2017 – Zezé Perrella desiste de se candidatar devido a denúncias de corrupção e apoia Sérgio Santos Rodrigues, que perde eleição para Wagner Pires de Sá, nome indicado pelo atual presidente Gilvan de Pinho Tavares

Fonte: Superesportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *