Villa Nova faz 3 a 0 e passa fácil pelo Boa Esporte

O Villa Nova não tomou conhecimento do Boa Esporte e venceu a equipe de Varginha, por 3 a 0 na tarde deste domingo (28), em Nova Lima, em jogo válido pela 5ª rodada do Campeonato Mineiro. Com dois gols de Fábio Jr. e um de Mancini, a equipe de Nova Lima, esteve por alguns minutos de volta ao G-4 da competição, mas com o empate entre Cruzeiro e América-MG, termina a rodada na 5ª colocação na tabela, com 9 pontos ganhos. Além dos veteranos, o destaque da partida foi o lateral Tiago Baiano, autor de três assistências que resultaram nos gols da equipe.

O resultado complica ainda mais a situação do Boa Esporte na tabela. A equipe tem apenas 3 pontos ganhos e está na 11ª posição, na Zona de Rebaixamento. Com os três gols sofridos neste domingo, a equipe tem a pior defesa da competição com 13 gols sofridos em cinco partidas disputadas e saldo negativo de 9 gols.

Na próxima rodada, o Villa Nova vai a Juiz de Fora, enfrentar o Tupi no sábado (5), às 18h30. Já o Boa Esporte volta a campo no domingo (6), contra o Uberlândia, às 16h, no Estádio Municipal de Varginha.

Villa Nova vence o Boa Esporte por 3 a 0 no Castor Cifuentes (Foto: Daniel Galvão)
Villa Nova vence o Boa Esporte por 3 a 0 no Castor Cifuentes (Foto: Daniel Galvão)

Chuva no campo e tarde inspirada de veteranos
A partida começou debaixo de muita chuva em Nova Lima (MG). Nas arquibancadas, a torcida tentava se proteger de qualquer jeito. No campo, um lance logo no primeiro minuto já dava um sinal de qual seria a tônica da partida. Mancini, logo em sua primeira jogada, cruzou a bola com perigo e por pouco não enganou Glaycon. O primeiro gol não demorou muito. Logo aos 5, o lateral Baiano foi à linha de fundo e cruzou para o experiente Fábio Jr. só desviar para o fundo da rede: 1 a 0 Villa.

Torcida do Villa Nova precisou se esconder da chuva nas arquibancadas do Castor Cifuentes (Foto: Daniel Galvão)
Torcida do Villa Nova precisou se esconder da chuva nas arquibancadas do Castor Cifuentes (Foto: Daniel Galvão)

O Boa Esporte tentou responder e até acertou o travessão do goleiro Thiago Leal, em belo chute de Leonardo Gomes. Mas, limitado e sem jogadas, o clube de Varginha, viu mesmo foi o goleiro Glaycon salvar o segundo do Villa aos 43. Mancini, mais uma vez, bateu escanteio e quase fez gol olímpico. Na sobra da zaga, ele matou no peito e soltou uma bomba para a bela defesa do goleiro Glaycon.

Com mais fôlego e fome de bola, o Villa Nova voltou para o segundo tempo disposto a resolver a partida. E assim, fez. Aos 7, Baiano tabelou com Fábio Jr. e cruzou para Mancini completar. 2 a 0. O Boa Esporte nem teve tempo de digerir. Pouco depois, mais uma vez Baiano foi à direita e cruzou para ele, de novo, Fábio Jr. completar para o gol. 3 a 0 e partida resolvida.

A partida ainda marcaria a estreia de Kerlon, o foquinha, pelo Villa, aos 27 minutos. Kaio Cristian, pelo Boa Esporte e Thiago Silvy, pelo Villa, foram expulsos, após jogadas ríspidas. Final, uma vitória tranquila de quem dominou desde o primeiro minuto.

Fonte: Globo Esporte/ Sul de Minas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *