Victor Corrêa, de Alfenas, e catarinense Souza querem manter liderança no Brasileiro de Rally de Velocidade

A dupla formada pelo piloto Victor Corrêa (Unifenas) e o navegador catarinense Maicol Souza vai para o Rally Rio Negrinho com o intuito de defender a liderança no Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade na categoria RC5. A quarta rodada dupla do certame nacional será realizada neste final de semana (14 e 15/9) no norte catarinense, a 266 km de Florianópolis.

“Acredito que a gente irá brigar pela vitória. Estamos passando por uma fase boa, o que nos dá uma boa expectativa”, garante entusiasmado o navegador Maicol Souza, depois das quatro vitórias consecutivas da dupla.

Em seis provas, Corrêa/Souza acumularam cinco pódios, com uma terceira posição e quatro vitórias seguidas nas últimas etapas. Faltam apenas quatro provas – Rally Rio Negrinho e Rally da Graciosa – para o encerramento do Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade, com 40 pontos ainda em jogo.

“Estamos na última perna do campeonato, com uma boa liderança. Manter a regularidade, agora é fundamental. Pensar no campeonato e fazer de tudo para terminar as provas com segurança. É importante que usemos a cabeça”, pondera o piloto de Alfenas.

“Nosso objetivo é chegar na frente e aumentar a vantagem na liderança para chegar na última rodada um pouco mais tranquilos”, planeja o navegador de Itajaí, lembrando que eles têm apenas quatro pontos de vantagem (46 a 42 pontos) sobre os vice-líderes Luiz Gustavo Loepper/Bruno Baptista da Luz.

O Rally Rio Negrinho será disputado no município do planalto norte catarinense, região do polo florestal mais expressivo da América Latina, abrigando indústrias madeireiras, moveleiras, de papel e papelão. No sábado (15/9) serão disputadas 10 Especiais (trechos cronometrados) divididos em dois turnos. Na parte da manhã, três passagens na SS Rio Antinha (19,16 Km) e duas passagens na SS Pinheirinho (7,50 Km). A partir das 13h, três passagens na SS São Pedro (8,45 Km) e duas passagens na SS Rio dos Bugres (19,94 Km), totalizando 137,71 Km cronometrados do total de 276,35 Km percorridos, somando os 138,64 km de deslocamentos.

“Mesmo correndo em meu Estado, não teremos nenhuma vantagem, pois será uma prova nova e o meu piloto é de Minas Gerais e nunca correu aqui”, avisa Maicol Souza. “O que será bom pra gente é que será uma etapa mais sinuosa e com piso bom, e o Victor anda bem nesta situação, além de a gente estar se entendendo cada vez melhor”, completa o navegador catarinense.

Pontuação da categoria RC5 no Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade após a sexta etapa: 

1) Victor Corrêa/Maicol Souza, 46;
2) Luiz Gustavo Loepper/Bruno Baptista da Luz, 42;
3) Rafael Pombo/Wagner Pontes, 16;
4) Edu Paula/Bruno Scarpelli, 14;
5) Júlio Henrique Cartaxo/Gerson Lange, 13;
6) Evandro Carbonera/Juliano Gracioli, 10;
7) Mário Stanki Jr/Fernando Adad, 6.

Fonte: Alfenas Hoje / Foto: Edson Castro/Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *