UFC planeja super evento em dezembro; Amanda Ribas estará no card principal

Segundo o site “MMA Fighting”, o card do dia 12 de dezembro ainda sem local definido, contará por enquanto com duas lutas valendo títulos: Usman x Durinho e Amanda Nunes x Megan Anderson. Além de Amanda Ribas x Carla Esperanza lutando no card principal.

Após a vitória sobre Paige VanZant no UFC 251, a peso-palha Amanda Ribas disse que gostaria de enfrentar a vencedora da luta entre Carla Esparza e Marina Rodriguez em sua próxima apresentação. A ex-campeã derrotou a brasileira duas semanas depois, no “UFC: Whittaker x Till”, e aparentemente a organização decidiu atender o desejo da brasileira.

Amanda vem de vitória após finalizar Paige VanZant ainda no primeiro round no UFC 251/Foto: Getty Images

Segundo o site “MMA Fighting”, o Ultimate planeja o duelo entre Esparza e Ribas para o UFC 256, que acontece dia 12 de dezembro, e que já tem dois brasileiros nas lutas principais: Gilbert Durinho disputará o cinturão dos pesos-meio-médios contra o campeão Kamaru Usman na luta principal, e Amanda Nunes defenderá o cinturão peso-pena contra a australiana Megan Anderson no co-evento principal.

Histórico

Aos 27 anos de idade e com um cartel de 10 vitórias em 11 lutas, sendo quatro delas em suas quatro apresentações no UFC, Amanda Ribas vem mostrando que chegou para ficar no peso-palha do evento. Com finalizações sobre Emily Whitmire e Paige VanZant e triunfos por pontos sobre Mackenzie Dern e Randa Markos, a mineira chamou a atenção dos fãs e dos membros do UFC tanto pela sua agressividade quanto pelo seu carisma, e ganhou espaço na categoria. Atualmente, Ribas é a 12ª colocada no ranking do peso-palha.

Primeira campeã do peso-palha do UFC, Carla Esparza é cinco anos mais velha que a brasileira, e possui um cartel de 17 vitórias e seis derrotas. Após conquistar o cinturão da categoria, vencendo o TUF 20, em 2014, a americana de origem equatoriana perdeu o título em sua primeira defesa, no UFC 185, para Joanna Jedrzejczyk e passou por um período de três anos de inconstância. Apenas em 2019 a lutadora conseguiu engrenar uma sequência de vitórias – quatro, diante de Virna Jandiroba, Alexa Grasso, Michelle Waterson e Marina Rodriguez (todas por decisão dos juízes). Especialista em wrestling, Esparza vem buscando voltar ao topo da categoria. Atualmente ocupa a sétima posição no ranking da divisão.

Carla Esperanza já foi campeã da categoria/Foto:  Evelyn Rodrigues

Card até o momento

UFC 256
12 de dezembro de 2020, em local a ser definido
CARD DO EVENTO (até o momento):
Peso-meio-médio: Kamaru Usman x Gilbert Durinho
Peso-pena: Amanda Nunes x Megan Anderson
Peso-palha: Carla Esparza x Amanda Ribas

Com informações: Portal Combate/Foto destaque: Getty Images

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *