Tchê Tchê confia no Audax e não teme Vila: “Em Itaquera tinha 40 mil”

Novo reforço do Palmeiras, Tchê Tchê falhou em lance que gerou gol do Santos (Foto: Marcos Ribolli)
Novo reforço do Palmeiras, Tchê Tchê falhou em lance que gerou gol do Santos (Foto: Marcos Ribolli)

Os jogadores do Audax não se mostraram tão preocupados após o empate com o Santos, por 1 a 1, em Osasco. A equipe comandada por Fernando Diniz acredita que tem condições de sair da Vila Belmiro com o título paulista. E a pressão da torcida do Santos?

– A torcida nunca interferiu. Em Itaquera tinha 40 mil, mas isso não resolveu para o Corinthians. Na Vila não vai ser diferente – respondeu Tchê Tchê, garantindo que o time da Grande São Paulo aprendeu a jogar como visitante neste Paulistão.

São cerca de 14 mil ingressos à venda para o jogo do próximo domingo, às 16h.

O meia foi personagem do jogo deste domingo. O Audax vencia por 1 a 0 até que Tchê Tchê errou o passe no campo de defesa. A bola ficou com Ronaldo Mendes, que soltou uma bomba e definiu o resultado.

Logo após o lance, o técnico Fernando Diniz conversou muito com o jogador. Mesmo com a bola rolando, a bronca continuou. Após o apito final, o papo foi mais amigável, e Diniz absolveu o jogador na entrevista coletiva. O comandante abraçou seu atleta e disse algumas palavras de incentivo.

– Eu errei no lance, acontece. Qualquer jogador está propenso a isso. Mas ele (Diniz) conversou comigo, passou tranquilidade depois do jogo, assim como todos os meus companheiros. Estou com a cabeça tranquila – explicou Tchê Tchê, já acertado com o Palmeiras.

A equipe de Osasco começa sua preparação nesta segunda-feira, quando viaja a Sorocaba e volta a treinar no CT do Atlético. Qualquer vitória simples na Vila Belmiro dá o título ao Audax. O empate leva a decisão para os pênaltis.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *