Semifinalistas da Copa do Brasil estão definidos

Próxima fase acontece dias 7 e 14 de agosto; mandos de campo serão sorteados na segunda-feira (22)

A Copa do Brasil conheceu seus semifinalistas nesta quarta-feira (17), quando Cruzeiro, Grêmio, Internacional e Athletico Paranaense conseguiram suas classificações. Palmeiras e Flamengo, surpreenderam e acabaram eliminados nas penalidades nas quartas.

Cruzeiro x Internacional e Grêmio x Athletico-PR se enfrentarão nos dias 7 e 14 de agosto. Os mandos de campo serão sorteados na próxima segunda-feira (22).

Cruzeiro

Confusão entre os jogadores termina com expulsões de David, do Cruzeiro, e Alejandro, do Galo (Foto: Douglas Magno/BP Filmes)

O Cruzeiro chega a sua quarta semifinal da competição consecutiva, sendo campeão nas duas últimas edições da competição. A equipe de Mano Menezes fez valer o fator casa, quando venceu o rival Atlético Mineiro por 3×0 no Mineirão, e mesmo perdendo por 2×0 no Independência, ficou com a vaga. O clássico do Horto foi marcado por belos gols, expulsões de lado a lado e um tento cruzeirense anulado com auxílio da arbitragem de vídeo.

A classificação significou para o Cruzeiro mais R$ 6,7 milhões nos cofres, valor pago aos clubes que alcançam a semifinal da Copa do Brasil.

Internacional

Patrick e Uendel comemoram o gol do Inter (Foto: Ricardo Duarte/Divulgação, Inter)

O Inter correu, buscou, comandou a segunda etapa e derrotou o Palmeiras, nos pênaltis. Após 1×0 em São Paulo, o Colorado devolveu o placar no Beira-Rio com gol de Patrick e acabou vencendo por 5 a 4 nas cobranças. Pelo Inter, Guerrero, Rafael Sobis, Edenilson, Rodrigo Lindoso e Nonato converteram. Patrick desperdiçou (Weverton defendeu). Do lado do Palmeiras, Bruno Henrique, Diogo Barbosa, Luan e Willian acertaram. Gustavo Gómez (Lomba pegou com os pés) e Moisés (no travessão) perderam. A dupla de zaga do Palmeiras formada por Luan e Gustavo Gómez foi vazada depois de 1.200 minutos, desde fevereiro sem levar gols.

Grêmio

Foram registradas 46.663 pessoas presentes na Fonte Nova. A renda foi de R$ 1.349.590,50.

Uma Fonte Nova que bateu recorde de público desde sua reinauguração para a Copa de 2014 (46.663 pessoas presentes) viu o Grêmio vencer o Bahia por 1 a 0, fazendo a equipe de Renato Gaúcho ganhar a vaga. Um golaço de Alisson no segundo tempo definiu o placar da partida que também foi marcada pela utilização (ou não) do árbitro de vídeo em lances cruciais.

Athletico-PR

Se no tempo normal, Santos fez grande defesa ainda no primeiro tempo em chute à queima-roupa de Lincoln, ele se agigantou na disputa por pênaltis / (Foto: Jorge R Jorge/BP Filmes)

Diante de quase 70 mil torcedores no Maracanã, quem sorriu foi o Furacão. Depois do placar de 1×1 na Arena da Baixada, as equipes voltaram a empatar e levaram as disputas aos pênaltis. Arrascaeta ainda saiu machucado aos 13′ do 1º tempo. O goleiro paranaense garantiu a vaga ao pegar cobranças de Diego e Everton Ribeiro. Vitinho também desperdiçou pelo time carioca. O Furacão perdeu apenas uma, com Bruno Nazário, mas venceu a disputa por 3 a 1.

Terminado a disputa por pênaltis, no centro do gramado, os jogadores do Furacão ironizaram a comemoração de Gabigol, que costuma forçar os muques a cada gol marcado pelo Flamengo. O “cheirinho” também foi lembrado pelos rubro-negros do Paraná.

Redação CSul – Iago Almeida / Foto: Douglas Magno/BP Filmes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *