Semifinais: França encara a Bélgica e a Inglaterra pega a Croácia

A Copa do Mundo da Rússia 2018 chegou a fase semifinal com duas seleções já campeãs do mundo e duas que buscam o feito pela primeira vez. De um lado, a França, que venceu o Uruguai por 2×0, encara a Bélgica, que eliminou a seleção brasileira por 2×1. Do outro lado, a Inglaterra, que despachou a Suécia por 2×0, enfrenta a Croácia, surpresa da copa, que eliminou nos pênaltis a anfitriã Rússia.

França e Inglaterra já levantaram a taça de campeões do mundo uma vez cada e diante de suas torcidas. Os ingleses conquistaram o mundial de 1966, disputado em seu território, e a França em 1998, após uma vitória por 3×0 sobre o Brasil na final. Agora as duas seleções buscam o bicampeonato, enquanto Croácia e Bélgica tentam buscar o feito pela primeira vez na história das seleções.

Bélgica x França – 10/07 – 15h

França treina sem Mbappé em São Petersburgo (Foto: Marcelo Hazan)

O primeiro confronto das semifinais da Copa acontece nesta terça-feira (10), às 15h, em São Petersburgo, entre França e Bélgica. A França eliminou o Uruguai nas quartas, enquanto a Bélgica passou pelo Brasil.

Kylian Mbappé, principal destaque da França na Copa do Mundo da Rússia, não participou do treinamento nesta segunda-feira (9). O elenco francês, sem o craque de 19 anos, trabalhou no campo do estádio de São Petersburgo, palco da partida. Mbappé, porém, não deve ser problema para o jogo. Pouco antes do treino, em entrevista coletiva, o técnico Didier Deschamps havia afirmado que descansaria alguns atletas – apenas como prevenção. Se de fato tiver o elenco completo, a França tem apenas uma dúvida no meio-campo para definir o time titular contra a Bélgica: Matuidi ou Tolisso .

Treino da Bélgica (Foto: Anton Denisov / Sputnik)

Já pela Bélgica, descontração foi a principal marca do último treino da seleção antes da partida. Durante os 15 minutos em que a imprensa teve acesso à atividade, o que se viu foram muitas risadas e brincadeiras entre os jogadores. Outro fato importante foi que Roberto Martínez teve todos os atletas à disposição para a atividade. Hazard, Lukaku, Kompany, Witsel e Meunier haviam sido poupados no treino de domingo (8), mas treinaram normalmente nesta segunda-feira (9). Meunier não enfrenta a França por estar suspenso pelo segundo cartão amarelo. Chadli deve ser o substituto. Repetindo a tática usada antes do jogo contra o Brasil, a Bélgica não treinou no estádio da partida. O jogo será realizado em São Petersburgo, mas o time treinou no centro Guchkovo Dedovsk, nos arredores de Moscou. O time de Martínez viajou na tarde desta segunda (9).

Croácia x Inglaterra – 11/07 – 15h
Lateral direito Vrsaljko pode ser desfalque para a Croácia (Foto: REUTERS/Kai Pfaffenbach)

A segunda partida da semifinal acontece entre Croácia e Inglaterra na próxima quarta-feira (11), às 15h, em Moscou. Inglaterra se classificou após derrotar a Suécia pelas quartas e a Croácia venceu a anfitriã Rússia nos pênaltis.

O técnico da Croácia, Zlatko Dalic, terá um desfalque importante para o jogo. Com lesão no joelho esquerdo, o lateral direito Vrsaljko, que foi titular em todos os jogos da Croácia no Mundial, não poderá atuar. O Jogador do Atlético de Madrid, Vrsaljko deixou o campo na prorrogação do jogo contra a Rússia, dando lugar ao veterano Corluka.

Pickford treinou normalmente pela Inglaterra (Foto: Reprodução/Twitter)

Já a Inglaterra deve ter força máxima para o jogo. O volante e capitão Jordan Henderson, o atacante Jamie Vardy e o goleiro Pickford treinaram normalmente nesta segunda-feira (9) e estão recuperados de seus recentes problemas físicos. O trio está disponível para o confronto em Moscou, que pode levar o English Team novamente à uma final desde 1966. A federação inglesa informou que todos os 23 jogadores do elenco inglês participaram do treino no CT de Zelenogorsk, em atividade fechada à imprensa.

Polêmica Croata

A Federação Croata de Futebol (HNS) anunciou nesta segunda-feira (9) que vai descredenciar e afastar o ex-jogador e atual observador técnico da delegação Ognjen Vukojevic. O motivo foi o vídeo de apenas nove segundos, em que Vukojevic o zagueiro Domagoj Vida dão breves saudações à Ucrânia, o país em que jogaram juntos no Dínamo de Kiev. Gravado e divulgado após a vitória nos pênaltis por 4 a 3 sobre a Rússia, o vídeo gerou polêmica ao exaltar o país vive em crise com os russos desde 2014, por conta de brigas políticas e territoriais. Por outro lado, a federação croata poupou o zagueiro Vida e não anunciou qualquer punição ao jogador.

A Fifa já avisou que está investigando as imagens para decidir sobre a aplicação de punições ao zagueiro Vida. Se for punido, Vida poderia pegar dois jogos de suspensão e ficar fora de semifinal e eventual final da Copa do Mundo, caso a Croácia supere a Inglaterra. No entanto, em caso semelhante no próprio Mundial 2018, quando Shaqiri e Xhaka, atletas de origem kosovar, comemoraram os gols da Suíça contra a Sérvia fazendo referência à bandeira da Albânia, a Fifa decidiu apenas por multá-los.

Fonte: Globo Esporte / Foto: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.