Seleções Feminina e Masculina entram em campo nesta terça

Enquanto meninas enfrentam a Itália pelo Mundial às 16h, os meninos encaram a Venezuela às 21h30 pela Copa América

Uma terça-feira recheada de futebol para a torcida brasileira. As seleções do país, feminina e masculina, entram em campo em busca de bons resultados nas competições que disputam. Marta e companhia buscarão a classificação na Copa do Mundo da França em partida decisiva contra a Itália. A melhor do mundo está confirmada entre as titulares. Já os comandados de Tite estarão na Bahia onde irão enfrentar a Venezuela às 21h30, na Arena Fonte Nova. Uma vitória garante os meninos na próxima fase da Copa América.

Brasil x Itália – 16h

Marta vai para o jogo contra a Itália. Depois de atuar 45 minutos na derrota para a Austrália, a craque brasileira começará novamente no último jogo do Grupo C da Copa do Mundo. O Brasil pode empatar que se classifica para a próxima fase. A missão se tornou menos difícil para as brasileiras porque os Grupos E e F corresponderam às expectativas de favoritismo e fecharam a 2ª rodada sem que os terceiros lugares tenham chance de somar quatro pontos.

“Estou pronta para jogar. Quanto tempo a gente vai ter que sentir no decorrer de tudo isso. A vontade é e estar dentro do jogo e ajudar o máximo possível e ver quantos minutos dá para jogara”, disse a camisa 10, em entrevista coletiva na véspera do duelo, em Valenciennes.

Uma das principais jogadoras do Brasil, Formiga, está de fora após receber dois cartões amarelos nos dois primeiros jogos. Em seu lugar jogará Andressinha, nome confirmado pelo técnico Vadão na coletiva, fazendo o “segundo elemento do meio-campo”.

“É difícil substituir a Formiga. Ela tem uma leitura de jogo que poucas no mundo têm. Sabe o momento de antecipar, afastar, empurrar a equipe na marcação. Tem comando, liderança e leitura realmente impressionantes. As mais jovens ficam impressionadas com a capacidade dela. Vai fazer falta indiscutivelmente, mas estamos confiantes em cima disso. É uma substituição obrigatória, esperamos que não seja sentida e que ela esteja no próximo jogo”, opinou Vadão.

Apontado como maior culpado pela derrota de virada contra a Austrália no último jogo, Vadão disse que sentiu mudança brusca na característica do time. O técnico tirou as três melhores do Brasil, Marta e Formiga no intervalo e Cristiane no início do segundo tempo, e deixou a seleção com pouca marcação e velocidade, uma vez que as duas primeiras citadas são as melhores da equipe e dominam todo o campo de jogo.

“Eu não senti um desequilíbrio emocional no segundo tempo. Senti mudança brusca de característica. Ter uma Formiga e Marta, ter que tirar no segundo tempo? Você perde duas atletas de nível. Não houve desequilíbrio. O time estava ajustado, acertado. Fizemos um primeiro tempo perfeito, tentamos nos arrumar da mesma forma, só que com características diferentes”, disse ele.

Brasil vence a Itália – Classificação às oitavas garantida.

Brasil empata com a Itália – Classificação às oitavas garantida.

Brasil perde para a Itália – Há muitas combinações possíveis. Tudo indica que uma derrota, de preferência não por muitos gols, mantenha o Brasil com possibilidades de classificação.

Dentro do grupo brasileiro (C), mesmo perdendo, há possibilidade de ficar em segundo, caso a Jamaica vença a Austrália e ambas fiquem com saldo inferior à Seleção, pois haveria empate triplo em pontos. Os saldos, hoje, são de +2 para o Brasil, 0 para a Austrália e -8 para a Jamaica.

A chance mais realista, no entanto, seria de ocupar o terceiro posto e torcer por resultados. A maioria dos grupos terá um 3º colocado com no mínimo três pontos, situação do Brasil em caso de revés.

Uma combinação interessante: nos Grupos D, E e F, empates em Argentina x Escócia, Camarões x Nova Zelândia e Chile x Tailândia. Igualdades em dois desses três duelos definem classificação para o Brasil com derrota, pois nenhum deles somaria três pontos no torneio.

Na chave A, o ideal seria que a dona da casa França e a Noruega confirmassem favoritismo e vencessem Nigéria e Coreia do Sul, respectivamente. As africanas permaneceriam com três pontos e saldo mais negativo que o atual (-1). No Grupo B, vitória da Alemanha sobre a África do Sul e goleada para um dos lados em China x Espanha também são cenários favoráveis ao Brasil.

Brasil x Venezuela – 21h30

Tirando Arhur, que entrará no início do jogo, os demais titulares da vitória por 3 a 0 sobre a Bolívia, na estreia, serão mantidos contra a Venezuela nesta terça-feira às 21h30, na Arena Fonte Nova. Caso vença, a Seleção estará classificada para a próxima fase.

Tite separou titulares e reservas no treino da seleção brasileira neste domingo, no Barradão, em Salvador, e mostrou a volta de Arthur no lugar de Fernandinho. Recuperado de dores no joelho direito, fruto de uma pancada recebida no amistoso contra Honduras, o volante deve começar jogando.

Provável escalação: Alisson, Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Filipe Luís; Casemiro e Arthur; David Neres, Coutinho e Richarlison; Firmino.
Pedro Martins/Mowa Press

Redação CSul – Iago Almeida / Fonte: Globo Esporte / Foto: Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *