Seleção feminina de basquete arrasa Paraguai e vai pegar Colômbia na semi do Pan

 

Com uma vitória arrasadora sobre o Paraguai, por 81 a 37, a seleção brasileira feminina de basquete avançou às semifinais dos Jogos Pan-Americanos de Lima-2019 com 100% de aproveitamento na modalidade. Antes deste novo triunfo, o Brasil havia superado Canadá (79 a 71) e Porto Rico (64 a 58) em seus dois confrontos anteriores na capital peruana.

A fácil vitória sobre as paraguaias foi obtida no Coliseu Eduardo Dibós, onde o time comandado pelo técnico José Neto ganhou sem dificuldades mesmo tendo apenas 40% de aproveitamento dos arremessos que arriscou na partida. E na semifinal, às 20 horas (de Brasília) desta sexta-feira, as brasileiras terão pela frente a Colômbia, que em outro confronto do dia foi derrotada pelos Estados Unidos por 75 a 63 e terminou a primeira fase como vice-líder do Grupo B.

Como o confronto direto é o primeiro critério de desempate do torneio de basquete feminino do Pan e o Paraguai vinha de duas derrotas em dois jogos, a seleção brasileira entrou em quadra nesta quinta com a liderança do Grupo A já assegurada por antecipação.

Mesmo assim, as brasileiras atropelaram as paraguaias e tiveram como principal destaque a jovem ala/pivô Stephanie, de 19 anos e 1,98m. A promissora atleta terminou o jogo como maior cestinha, com 15 pontos, sendo que ela ainda ajudou a equipe nacional com cinco rebotes e três assistências.

O segundo maior destaque ofensivo do Brasil no duelo foi Patty, com 13 pontos, enquanto Tainá veio logo atrás, com 12. Clarissa, com 10, foi a quarta maior pontuadora da equipe nacional, que fechou a primeira metade do confronto com uma vantagem de 35 a 22. E depois disso foi ainda mais dominante nos dois últimos períodos do duelo, com 21 a 5 e depois com 25 a 10 para chegar ao placar final de 81 a 37.

“Estamos em busca de um ótimo resultado, com toda certeza também vamos em busca de mais uma vitória para continuar nossa trajetória para a final. Estamos confiantes, esperando o melhor resultado possível e vamos atrás disso. Sabemos que é um jogo muito forte, onde vamos ter que jogar com a cabeça firme e jogar duro também”, analisou a armadora brasileira Lays da Silva, que fechou o jogo contra as paraguaias com cinco pontos, três rebotes e duas assistências.

Os Estados Unidos, que também fecharam a primeira fase com três vitórias em três jogos, garantiram a liderança do Grupo B e agora esperam pela definição de seu rival na semifinal, que sairá do confronto entre Porto Rico e Canadá, marcado para começar às 23 horas (de Brasília) ainda desta sexta-feira.

Fonte: Hoje em Dia / Foto: Divulgação / CBB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *