Sada Cruzeiro estreia com tudo no Mundial de Clubes

Que o Sada Cruzeiro é a maior equipe de voleibol da história no Brasil isso ninguém tem dúvidas, no entanto, após anos e anos vencendo, a equipe acabou sofrendo dois grandes baques que fizeram torcedores de todo país desconfiar se o time ainda tinha a mesma força de antes.

O primeiro revés veio na semifinal da Superliga da temporada passada; Após o Taubaté fazer um sonoro 3 x 0 sem tomar conhecimento do até então, atual campeão. Tempo depois o mesmo algoz, o Taubaté venceu o Cruzeiro na final da Supercopa do Brasil esse ano, os comandados de Marcelo Méndez perderam por 3 x 2 ficando com o vice-campeonato.

Aqueles grandes times de Wallace, Leal, Simón, Uriarte, Willian, Serginho, Éder, Le Roux entre outros, já não existia mais, era a hora da reformulação. Chegaram para essa temporada o central Otávio, os ponteiros Facundo Conte, o canadense Perrin,  o líbero Lukinha , além de nomes para o banco como Cledenilson e Luan.

A temporada de 2019/20 começou na Superliga, e a equipe voltou a tomar o quadro de protagonista vencendo até a última semana todos seus cinco adversários, porém no ultimo sábado a equipe sofreu um revés para Campinas, saindo do interior paulista com uma derrota por 3 x 2.

Era a hora do Mundial de Clubes, o Sada Cruzeiro queria resgatar seu protagonismo após um amargo quinto lugar na temporada passada. Com a competição remodelada quatro equipes entraram em busca do título, além do Sada. Times como Zenit Kazan da Rússia de Ngapeth, Mikhaylov e Matt Anderson; O time italiano do Civitanova de Bruninho, Juantorena e os ex-cruzeirenses Leal, Simón e Sander, além do Al Rayan do Catar. Para muitos especialistas da modalidade, as duas equipes europeias Zenit e Civitanova têm os melhores times do mundo, e são favoritos ao título do Mundial, não atoa fizeram a final da última Liga dos Campeões de Vôlei, onde a equipe italiana se sagrou campeã.

Contudo, na primeira partida da competição o Sada Cruzeiro contou com a força de sua torcida e em noite inspirada de todo elenco, com destaque para Isac, Cachopa e Evandro. Os mineiros não tomaram conhecimento dos russos, e aplicaram um grande 3 x 0. No jogo de fundo, o Civitanova fez seu papel e bateu o AL Rayan por 3 x 0 sem grandes dificuldades.

Nessa quarta-feira (04), a equipe do Sada Cruzeiro enfrentará o Civitanova ás 20h30 em Betim. Mais cedo Zenit Kazan e Al Rayan se enfrentam.

O Regulamento:

Com a nova versão do Mundial, quatro equipes jogam entre si, o primeiro colocado entre os quatro, enfrentará o quarto, já o segundo encarará o terceiro nas semifinais. Os dois classificados fazem a final no domingo.

Para o Sada Cruzeiro, terminar em primeiro seria um ótimo negócio, tendo em vista que o Al Rayan deve ser o último colocado e consequentemente seria o adversário nas semifinais, deixando Civitanova e Zenit na outra.

O campeonato ocorrerá durante toda a semana, tendo sua final no domingo (08)

Foto: Divulgação/FIVB

Redação CSUL – Alisson Marques

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *